Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – 18 de maio

Nós, professores e formadores de cidadãos não podemos nos manter alheios ao que está acontecendo ao nosso redor. Temos que nos manifestar para colocar fim, de uma vez por todas, ao abuso sexual infantil, aos maus tratos à criança, ao trabalho infantil. Criança tem que ser cuidada e respeitada. Criança tem que se sentir segura dentro de sua própria casa. Criança tem que ir para a escola. Criança tem que brincar.

Hoje, 18 de maio, o nosso país está se mobilizando através de manifestações, encontros e seminários abordando temas como pornografia, bullying, ciberbullying, violencia sexual, agressões e outros títulos que infelizmente fazem parte do dia-a-dia de muitas crianças. Na web também está ocorrendo a blogagem coletiva onde diversos blogs farão postagens enfocando este assunto, como estou fazendo agora.

No blog “Diga Não a Erotização Infantil”, Ana e Rosane informam que somente nas zonas sul e leste de São Paulo triplicaram o número de crianças vítimas de abuso sexual. No ano de 2008 eram registrados dez casos por mês. Hoje é registrado um caso por dia, e antes as vítimas tinham entre sete e catorze anos e hoje há muitas vítimas com apenas dois e três anos. Os maiores agressores são em primeiro lugar o pai, seguido pelo padrasto, pela mãe, avô, avó, tio e em último lugar está o desconhecido.

“O que temos hoje é a estimativa de que, no mundo, a cada três minutos uma criança sofre abuso sexual” diz Ana Cristina Silva, coordenadora da Rede Criança de Combate à Violencia Doméstica das regiões leste e oeste de São Paulo.

O Estado de Minas Gerais é pioneiro na luta com a Campanha Proteja Nossas Crianças
incentivando a denúncia por meio do Disque Direitos Humanos – 0800-31 11 19. A ligação é sigilosa e gratuita e pode ser feita de qualquer lugar do Estado.

Você também quer participar?

Então redija um texto e publique no seu blog. A Lili que, assim como eu escreve no Mãe com Filhos, publicou sobre o assunto em seu post de hoje, e a Sam, que também escreve para o MCF, publicou em seu blog A Vida como a Vida quer um texto muito interessante sobre o tema.

Professor, divulgue esta campanha na escola em que você trabalha. Vamos contribuir para exterminar esta prática de todos os lares proporcionando um crescer saudável para nossas crianças.

TODOS SOMOS RESPONSÁVEIS!

2 thoughts on “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – 18 de maio

  1. Tenho um filho de 2 anos e 5 meses o nome dele é Isaac.sofro muito quando eu vejo ou fico sabendo de algum mal feito contra as crianças, eu me pergunto até quando nossas crianças vao passar por este medo , este trauma?que Deus cuide delas em nome de Jesus.

  2. Senhor Deus proteja essas pequenas vidas pois sao fracas e indefesas,alivia pai cada dor , cada coraçao ,sao pequenos seres mas carregam consigo mesmo um grande amor.por favor meu DEUS>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *