Prêmio Microsoft Educadores Inovadores – Brasil 2009

Já estão abertas as inscrições para a quarta edição do Prêmio Microsoft
Educadores Inovadores, que valoriza e reconhece os melhores projetos
educacionais desenvolvidos por educadores brasileiros.

Educadores de ensino básico poderão se inscrever nas seguintes categorias:
Inovação em Comunidade, Inovação em Colaboração, Inovação em Conteúdo. Todos
os projetos que participarem dessa seleção estarão automaticamente inscritos
na categoria Educador Inovador cuja votação para escolha dos finalistas será
popular online. Já professores de escolas técnicas públicas se inscrevem na
categoria Educador Inovador – Escolas Técnicas.

Para as quatro primeiras opções, o professor pode trazer um membro e formar
uma equipe; na categoria Escolas Técnicas, o educador defenderá sozinho a
sua melhor prática.

Podem participar do Prêmio todos os educadores e gestores da rede pública,
incluindo os Núcleos de Tecnologia Educacional – NTEs ou NRTEs, escolas
públicas, municipais, estaduais ou federais, de ONGs, fundações e escolas
técnicas.

Divulgação e premiação

Quinze projetos serão escolhidos participarão do evento nacional de
premiação que será realizada em São Paulo no dia 25 de agosto de 2009.
Educadores de todo o Brasil terão a oportunidade de trazer e divulgar novas
idéias para o uso de tecnologia nas escolas.

Aqueles que apresentarem os melhores projetos serão premiados com um
Notebook contendo o sistema operacional da Microsoft Windows Vista e o
pacote de aplicativos Office 2007. Assim, poderão dar continuidade na
criação de novas idéias, beneficiando cada vez mais pessoas e compartilhando
o gosto e o conhecimento pela tecnologia educacional.

Os educadores responsáveis pelos projetos vencedores nas categorias
destinadas à educação básica apresentarão seus trabalhos em um evento
regional da Microsoft que acontecerá na Argentina. Os classificados nessa
etapa irão participar do evento internacional que, neste ano, será realizado
em Salvador (BA). Essa é a primeira vez que o Brasil sedia o Fórum Mundial
de Educadores Inovadores.

Para acompanhar as novidades do Prêmio, confira o site
www.educadoresinovadores.com.br.

Mais informações no Blog: http://educadoresinovadores.spaces.live.com

O projeto Direito à Memória e à Verdade da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República iniciou em 29 de agosto de 2006 com o objetivo de recuperar e divulgar o que aconteceu no período da ditadura no Brasil, 1964 – 1985. São registros de um passado marcado pela violência e por violações de direitos humanos. Disponibilizar esse conhecimento é fundamental para o País construir instrumentos eficazes e garantir que esse passado não se repita mais.

A partir deste projeto a Ágere Cooperação em Advocacy desenvolveu o curso Direito à Memória e à Verdade que será aplicado à distância via Internet, para professores da rede pública de ensino médio, buscando oferecer aos mesmos uma formação, com reflexão crítica e numa perspectiva dos direitos humanos, da história do Brasil durante a ditadura militar. Ao formar professores estaremos garantindo que as gerações atuais e futuras tenham o seu direito à memória e à verdade respeitado.

O curso oferece 3000 vagas e será gratuito para os participantes, pois conta com o apoio da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Público

O curso oferece 3.000 vagas para professores da rede púbica de ensino, preferencialmente professores de história, sociologia e filosofia, mas sem desconsiderar a participação de professores de outras áreas do conhecimento como língua portuguesa e literatura.

Inscrições

As inscrições são realizadas somente online por meio do formulário disponível neste site. O preenchimento correto de todas as informações solicitadas no formulário é importante para garantir a participação no processo de seleção. Antes de proceder à inscrição verifique o público específico do curso. O preenchimento do formulário de inscrição não garante diretamente a participação no curso, haverá processo de seleção.

Seleção

Após o encerramento das inscrições terá início o processo de seleção que será realizado pela equipe de coordenação do curso da Ágere Cooperação em Advocacy com base nas informações apresentadas no formulário de inscrição e de acordo com os objetivos e público proposto para o curso.
O resultado do processo de seleção será encaminhado no e-mail apresentado no formulário de inscrição juntamente com as instruções para matrícula.

PARA SE INSCREVER CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *