Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil – 02 de abril

205 anos de Hans Christian Andersen

Em 02 de abril de 1805 nascia em Copenhague Hans Christian Andersen o grande poeta e escritor infantil. Entre suas inúmeras obras estão O Patinho FeioA Princesa e a Ervilha, A Polegarzinha, O Soldadinho de Chumbo, A Roupa Nova do ReiA Pequena Sereia entre outros.

Hans Christian Andersen era filho de sapateiro e por serem muito pobres seus pais e ele dormiam no mesmo quarto. Seu pai tinha uma saúde muito fraca tanto é que faleceu quando ele tinha apenas 11 anos. Porém, durante o tempo em que estiveram juntos, seu pai que lhe tinha adoração, estimulou muito sua imaginação e criatividade através das histórias que lhe contava e pelo teatrinho de marionetes, fabricado por ele, o qual serviu de motivação para Andersen memorizar e apresentar muitas peças de Shakespeare.

Após a morte de seu pai Andersen teve que abandonar os estudos e aos 14 anos saiu de casa com o objetivo de se tornar um cantor de Òpera. Andersen tinha comportamentos considerados estranhos para a época sendo rotulado como lunático, situação que contribuiu para que se isolasse, e teria vivido isoladamente se não fosse a amizade que cultivou com o diretor Jonas Collin que lhe propiciou oportunidades de atuar como ator e bailarino no Teatro Real em Copenhague.

Andersen intercalava as atividades do Teatro com a criação de seus contos tanto para adultos quanto para crianças.

Suas atitudes excêntricas chamaram a atenção do rei Frederico IV que por sentir o talento de Andersen decidiu investir nos seus estudos mandando-o para a escola de Slagelse. Andersen não gostava de estudar, porém não interrompeu os estudos em agradecimento ao rei. Quando ninguém mais acreditava que suas obras teriam destaque ele alcança reconhecimento internacional  (1835) com o romance O Improvisador e percorre a Europa em razão disso. Hans Christian Andersen escreveu diversos romances para adultos, poesias e relatos de viagens, mas o que o deixou realmente famoso foram os contos infantis uma vez que era raridade ter livros direcionados especialmente para as crianças.

Nestes contos infantis ele priorizava valores como os de que todos os homens deveriam ter direitos iguais, além de apontar confrontos entre os fortes e os fracos, os poderosos e os desprotegidos, os exploradores e os explorados.

Suas histórias foram traduzidas em diversos idiomas e chegou a escrever 156 histórias.

Em 1872 feriu-se gravemente ao cair da sua própria cama e não mais se recuperou totalmente vindo a falecer em 04 de agosto de 1875 em Copenhague.

Hans Christian Andersen se foi, porém permanece vivo em cada conto infantil, em cada roda de história, em cada sorriso de criança. Suas criações atravessam gerações encantando o público adulto e infantil.

Em homenagem ao grande escritor da literatura infantil a data do seu nascimento (02 de abril) é considerado o Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil

Obrigada Hans Christian Andersen!

Usei as belíssimas e criativas ilustrações do Google em homenagem ao grande Andersen para ilustrar meu post

4 thoughts on “Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil – 02 de abril

  1. Pingback: uberVU - social comments

  2. Oi amiga, vim desejar uma Feliz Páscoa cheia de paz e luz para você!
    Beijinhos!
    Olimpia ?

    Cybele Reply:

    Querida Olímpia,

    Obrigada pelo carinho de sempre e espero que sua Páscoa tenha sido abençoada e regada a muito amor.
    beijinhos e fiquei feliz por ter você aqui no novo endereço.
    Volte sempre que quiser.
    🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *