Blog – Recurso que desenvolve a leitura e a escrita

Podemos dizer que o blog está conseguindo agradar “gregos e troianos” usando o bom provérbio popular. Não há idade para se ter um blog, e assim que se inicia um, apaixona-se por ele de tal forma, que não se consegue fazer nada que seja significativo sem que se compartilhe no blog. Há blogs de todos os gêneros e que abordam os mais diferentes assuntos. Nada é impossível para o blog.

Quando surgiram os primeiros blogs, estes tinham a intenção e o formato de um diário. O diário sempre acompanhou o homem durante sua trajetória, e graças a ele temos acesso à Certidão de Nascimento do Brasil, podemos avaliar o que passou Anne Frank na época do holocausto e mais inúmeros exemplos.

Hoje o blog, muito mais que um recurso onde se registra apenas fatos ocorridos com seu autor, é uma fonte inesgotável de experiencias e pesquisa que são compartilhadas com seus leitores. Há blogs escritos por mães, como o Desabafo de Mãe que eu escrevi por um bom tempo,  o qual ela chama de blogosfera materna, onde compartilham suas preocupações, dores, alegrias e interagem com outras mães que opinam através dos comentários, que é o principal canal de comunicação.

Não há idade para se ser blogueiro e não há preconceito entre os blogueiros. O respeito pelo blog do outro é um dos muitos diferenciais que habitam a blogosfera.

Ter seu próprio blog e incentivar o próprio filho a ter um é propiciar meios de crescimento e desenvolvimento tanto na leitura quanto na escrita. Este exercício diário de elaborar textos enriquecerá a bagagem cultural do indivíduo porque na maioria das vezes se terá que pesquisar sobre o assunto em pauta para fornecer ao leitor embasamento de conteúdo. O autor do blog passará a fazer uso do link, que atua como uma referencia bibliográfica ao texto, formalizando a existencia da pesquisa.

Também a preocupação com a ortografia promoverá uma atenção maior bem como propiciará a ampliação do vocabulário, uma vez que, a linguagem escrita é bem mais formal do que a linguagem falada.

Porém, há que se estar sempre atenta a alguns pontos que podem, ao invés de ajudar, incidir negativamente no dia-a-dia do blogueiro(a), como é o caso de se passar muitas horas seguidas dedicando-se exclusivamente ao blog. Também o acesso a blogs de conteúdos não recomendáveis deve ser uma preocupação constante, principalmente no caso de filhos pequenos e adolescentes.

Se você, professor, se sentiu motivado a iniciar um blog, arregasse as mangas e mãos à obra. Caso tenha dúvidas sobre como começar, poderá seguir estas orientações.

Não deixe de compartilhar o endereço para que possamos conhecer seu blog e interagirmos através dos comentários.

Estou te aguardando!

Este post foi publicado originalmente no Mãe com Flhos

3 thoughts on “Blog – Recurso que desenvolve a leitura e a escrita

  1. Post antigo, mas só vi agora e nunca é tarde para dizer obrigada!
    Obrigada e abraços pela indicação da nossa prática de blogueira

    Cybele Reply:

    Querida Ceila, tudo bem?

    Muito bom tê-la aqui no Educa Já!
    Somos sempre parceiras nesta maravilhosa blogosfera.
    beijinhos e volte sempre que quiser
    🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *