Briga entre irmãos – Isso acontece na sua casa?

Se você disser que sim, vou ficar bem tranqüila porque briga entre irmãos é absolutamente normal. O convívio familiar é revestido de todos os sentimentos, tanto os amorosos quanto os hostis principalmente entre os irmãos. Sempre haverá cenas de ciúmes, de agressividade, de solidariedade, de carinho, de raiva e assim por diante.

O brigar possibilita a oportunidade de a criança vivenciar a sua agressividade e poder administrar seus sentimentos. Assim sendo, o brigar entre irmãos é saudável e não deixa mágoa e nem ressentimentos. Eles brigam e logo depois estão brincando.

O preocupante é quando estas brigas são contínuas e contribuem para uma aversão mútua ou unilateral. Neste caso os pais têm que ficar atentos e conversar muito, tanto com um quanto com o outro, para desfazer esta situação. Irmãos podem brigar, mas têm que ser amigos.

Quanto maior for a diferença de idade maior a possibilidade de brigas porque os interesses são muito diferentes. Conforme eles vão crescendo, esta diferença se torna cada vez menor e na adolescencia, por incrível que pareça, eles se tornam amigos e até cúmplices experimentando um outro tipo de sentimento e parceria.

O posicionamento dos pais também é muito importante no que diz respeito às brigas entre irmãos.

Se os pais se desesperam acabam passando uma insegurança muito grande para os filhos ocasionando um abalo emocional. Todavia, o proceder ao contrário, ou seja, se mostrar seguro nas suas atitudes, promoverá que seus filhos encontrem o melhor modo de lidar com as divergências.

Muito mais importante do que brigar é aprender a fazer as pazes.

Este post foi originalmente postado no Mãe com Filhos

5 thoughts on “Briga entre irmãos – Isso acontece na sua casa?

  1. Ufaaa….risos! Que bom que acontece em tudo que é canto, né.
    Alivio e responsabilidade. O nosso papel, como pais e educadores, é sempre fundamental.
    Criança precisa de atenção e limites, e na hora da briga e de fazer as pazes também.
    Bom de mais ler seu post.
    Bjo
    @drisouto

    Cybele Reply:

    Obrigada querida Adriane,

    Seu comentário vem enriquecer e muito o texto.
    Quando vemos nossos filhos brigando sempre pensamos: “onde foi que eu erramos!”. Eu também pensava assim até perceber que só brigamos com quem queremos muito bem, aqueles que nos são indiferentes, nos afastamos e não investimos nosso tempo em brigas rssss
    Beijinhos e continue acompanhando o Educa Já!
    🙂

  2. Muito bom o texto, tenho 2 filhos um menino de 14 anos e uma menina de 4 anos, sei que eles se gostam muito e mas na hora da briga fico desesperada.

    Cybele Reply:

    Olá Ivana, tudo bem?

    É sempre bom saber que o mesmo acontece com todo mundo, não é?
    Obrigada pelo comentário e continue acompanhando o Educa Já!
    beijinhos

  3. Tenho dois filhos,uma menina de 12 anos e um menino de 7anos.Acontece as vezes deles brigarem,principalmente,por caosa de interesses diferenças de gosto.Geralmente eles se resolvem sozinhos,mas quando a coisa tende a cresçer, eu interfiro,digo a eles da importancia da amizade e respeito entre irmãos.Tenho dois irmãos e somos bastante unidos,por isso acho fundamental mostrar o nosso exemplo de relacionamento , a meus filhos e a meus sobrinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *