História em Quadrinhos como Recurso Pedagógico

Já falei aqui em posts anteriores sobre o uso do recurso HQ – Histórias em Quadrinhos como ferramenta de aprendizagem. Confira os posts anteriores:

As Histórias em Quadrinhos na sala de aula – 04/12/2008

História em Quadrinhos 2 – 18/11/2008

Agora retorno com a sugestão robustecendo as postagens anteriores com esta postagem do meu amigo Profº Michel que tem o blog História Digital que abordou este tema e  achei tão interessante que irei compartilhar com vocês.

Segue o post:

Fonte: Historia Digital

Oi, galera, como História em Quadrinhos (HQ) é uma atividade bastante solicitada pelos professores – e geralmente uma atividade agradável para os alunos – resolvi escrever sobre o assunto. Procurei selecionar algumas dicas voltadas para um público não profissional, e que possam atender as demandas didáticas mínimas.

Estas dicas foram adaptadas dos textos de Evelyn Heine, que possui um vasto currículo como redatora e roteirista de HQ’s da Disney. Suas dicas podem ser acessadas e baixadas (PDF) no site Divertudo.

1- Elabore um roteiro: coloque no papel como será a história toda, incluindo personagens e suas falas.
2- Faça as contas: calcule quantos quadrinhos sua história inteira vai ter. Aí tente descobrir de quantas páginas ela precisa. Por exemplo, se forem 12 quadrinhos, você pode colocar em 2 páginas, com 6 quadrinhos cada uma.
3- Pense na digramação: “diagramar” é decidir a forma e o tamanho dos quadrinhos, lembrando que um pode ser o dobro dos outros e ocupar uma tira inteira.
4- Invente os personagens: Qualquer coisa que existe pode virar um personagem. Basta um par de olhos, duas pernas ou qualquer característica para “animar” algo que não tem vida. Se preferir, pode fazer colagem ao invés de desenhar.
5- Comece pelos balões dos personagens: só depois faça os desenhos. Geralmente, a gente se empolga com o cenário, os personagens, e depois não cabem mais os balões. Fica tudo encolhido e ninguém consegue ler direito.
6- Use apenas letras MAIÚSCULAS: Capriche bem nas letras para ficarem mais ou menos do mesmo tamanho. Você pode destacar palavras importantes ou gritos com cores mais fortes. Escreva as letras antes de fazer o balão em torno.
7- Capriche no desfecho: O final é muito importante. É o desfecho do seu trabalho. Imagine que todo leitor gosta de uma surpresa no final. Coloque a palavra “fim” no último quadrinho.
8- Não esqueça do título: Quando souber como será sua história, invente um título para ela. Lembre-se de deixar espaço no início da primeira página.
9- Não complique!: Se a cena for complicada demais pra desenhar, pense em outra. Sempre há uma solução mais simples. Se a frase for comprida demais, tente cortar o que não faz falta.
10- Faça a lápis primeiro: assim dá pra mudar algo errado, diminuir o textos, entre outras coisas.

Você pode usar também o ToonDoo que é gratuito bastando apenas você se inscrever. Lá você encontra cena de fundo e uma enomidade de opções para personagens e detalhes para enriquecer o seu quadrinho.

Se você quiser saber mais sobre HQ acesse o blog Gibiteca da querida Natalia Nogueira que você irá encontrar tudo sobre gibi e técnicas para fazer Histórias em Quadrinhos

4 thoughts on “História em Quadrinhos como Recurso Pedagógico

  1. Adorei suas dicas. Posso socializar?

    Cybele Reply:

    Olá Sidnéia, tudo bem?

    Você PODE e DEVE socializar! 🙂
    Quanto mais socializarmos mais contribuimos para uma educação de qualidade para todos.
    Obrigada por acompanhar o Educa Já!
    abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *