Cartilha de Segurança Feminina

Acreddito ser importante saber algumas dicas e também partilhar com os que estão à nossa volta, seja em casa com os familiares, com os vizinhos, amigos ou mesmo na escola, afinal o perigo está em todo lugar.

Não há como negar que a violência e a criminalidade co-habita o nosso dia-a-dia. Temos que viver em constante estado de alerta. Eu, que já fui vítima de sequestro relâmpago e que graças a Deus estou aqui para poder contar isso, nunca mais parei meu carro sem antes vistoriar todo o ambiente em volta. Esta atitude também é por mim adotada em várias situações cotidianas, porém foi uma pena eu me deter a isso somente depois de ter sofrido o sequestro. Temos por filosofia que estas coisas não acontecem com a gente, até acontecer.

Por esta razão que vou compartilhar com vocês esta Cartilha de Segurança Feminina que foi elaborada pela Academia de Polícia Militar do Guatupê e que constam dicas ótimas para prevenir. Eles afirmam sabiamente que “Quem não previne o crime colabora com ele!” E é uma grande verdade. Não podemos esperar que a ação de prevenção venha somente por parte da Polícia. Temos que ser parceiros.

São medidas simples, de fácil execução, gratuitas que envolvem apenas mudança de atitudes. Ela é bem estruturada e dividida por tópicos.

Vejam:

1. Normas gerais de segurança:

a. A melhor forma de se ter segurança é com medidas preventivas.
b. Todas as pessoas que utilizam um ambiente ou nele exercem uma atividade são responsáveis pela segurança deste.
c. Nunca tenha armas em casa, principalmente se tiver crianças em casa. Armas aumentam o fator de risco, não de segurança.
d. Procure manter atenção constante sempre que for às ruas.
e. Não confie na memória, principalmente no que diz respeito a procedimentos
de segurança. Se não tem certeza, cheque pessoalmente (trancamento de portas e janelas, do carro, ligação de alarmes e outros).
f. Nunca reaja quando for abordada por um delinquente. Entregue o que ele lhe pede para que vá embora logo. Isto aumenta muito a sua segurança neste momento.
g. Nunca deixe de acionar a Polícia Militar pelo fone 190, pois isto aumenta
a impunidade e incentiva as ações dos delinquentes.

2. Em casa

a. Estar em casa permite um nível de segurança maior, mas é importante procurar melhorar ainda mais esta segurança com medidas preventivas.
b. Lembre sempre de trancar portas e janelas quando for sair e manter as portas fechadas e trancadas quando estiver em casa, mesmo de dia.
c. Se sua casa tem janelas muito perto da porta, evite deixar a chave na fechadura, pelo risco do delinquente conseguir alcançá-la pondo o braço para dentro através dela e destrancar a porta.
d. É importante que a porta que dá para a rua tenha visibilidade para quem chega poder ser verificado visualmente antes de entrar portões a dentro.
e. Jamais abra a porta sem ter certeza de quem bate.
f. Nunca aceite serviços que não pediu, ainda que sejam de graça e quem o oferece ser muito gentil e simpático.
g. Guarde seu dinheiro em lugar seguro, isto é, de difícil acesso para quem não é de casa.
h. Nunca guarde grandes quantidades de dinheiro em casa.
i. Tome cuidado com empregados eventuais, que podem praticar delitos
em sua residência ou obter informações e repassá-las para delinquentes.
j. Se mora só, procure manter contato regular com vizinhos em quem tenha confiança, estabelecendo com eles uma rede de ajuda e de proteção recíproca.
k. Tenha se possível, uma extensão do telefone no seu quarto ou tenha ali um celular para os casos de precisar chamar a polícia pelo fone 190, em caso de sua residência ser invadida.
l. Tenha sempre em local certo telefones de emergência, de parentes ou pessoas a quem possa pedir ajuda, para dispor deles quando precisar.
m. Ao anotar este números, seja em uma lista manuscrita, seja no celular, evite colocar indicações como: pai, filho, filha, neto, sobrinho. Coloque de preferência o apelido dessas pessoas, pois se o celular ou a lista cair em mãos de delinquentes será mais difícil que eles usem estas informações para outros delitos contra aquelas pessoas e contra você.
n. Mantenha atenção constante ao entrar e sair de sua residência. Muitos delinquentes abordam suas vítimas nesta hora porque estão distraídas.
o. Se for se ausentar por um tempo mais prolongado, dar a impressão de que alguém permanece em casa ajuda a melhorar a segurança de sua residência.
p. Evite deixar luzes externas acesas durante viagens que fizer, pois isto denuncia que não há ninguém em casa.
q. Acúmulo de correspondência, bem como jornais e revistas não recolhidas, dão também a impressão de que os moradores estão ausentes. Peça para a agência do correio mais próxima ou para a empresa que entrega os jornais e as revistas suspender a entrega enquanto estiver fora, ou peça ajuda de um vizinho para recolhê-la.
r. Cães reforçam a segurança, desde que não sejam muito bravos, o que pode gerar acidentes com familiares, vizinhos ou empregados eventuais, como diaristas, por exemplo.
s. Nunca deixe a chave escondida no jardim da casa, embaixo do capacho ou dentro de um vaso: os delinquentes conhecem todos os esconderijos.
t. Sempre esteja atenta ao chegar e sair de casa, principalmente se não há visibilidadede dentro para fora ou vice-versa em sua casa. Delinqüentes costumam emboscar vítimas ao sair de casa ou dominá-las quando chegam, aproveitando da pouca visibilidade que o local possa permitir e da distração das vítimas.

3. Para quem mora em condomínios

a. Facilite o trabalho do pessoal de portaria identificando as pessoas que não moram no condomínio no momento que estiver entrando com elas.
b. Se o acesso da garagem fica fora das vistas do porteiro, preste atenção no momento de entrar e sair para não permitir a aproximação de estranhos ou mesmo acesso furtivo para o interior do condomínio enquanto o portão se fecha.
c. Ainda que haja uma boa segurança no seu condomínio, nunca confie totalmente nela e sempre verifique quem bate á sua porta antes de abrí-la, principalmente quando não houve aviso da portaria de que alguém iria até seu apartamento.
d. Instale um “olho mágico” em sua porta se não houver outra forma de ver quem bate à sua porta.
e. Se mora só, deixe à disposição do síndico ou do porteiro, telefones de contato de pessoas a quem se deva comunicar problemas ou pedir ajuda, para casos em que você não possa fazê-lo em momentos de necessidade.

4. Nas ruas

a. Ir às ruas é o momento que requer mais atenção, pois nesta hora se está mais vulnerável.
b. Lembre que os delinquentes muitas vezes escolhem suas vítimas pelos bens que elas carregam, por isso evite portar jóias ou bens de valor quando sair só.
c. Evite usar uma bolsa de maior valor nas ruas. Tenha para estas ocasiões uma mais simples, deixando aquela “de marca” para ocasiões especiais.
d. Procure sempre andar acompanhada quando levar bens de valor como o dia de ir ao banco ou às compras.
e. Sempre esteja atenta ao que acontece ao seu redor.
f. Se for de carro, lembre que objetos de valor como bolsas, carteira, celular, não devem estar à vista, pois isto atrai a ação do delinquente.
g. Coloque tais coisas em lugares mais seguros: no portaluvas se couber, embaixo do painel, sob suas pernas enquanto sentada ao volante.
h. Use os espelhos retrovisores também para ver o que acontece na parte de trás do veículo: delinquentes costumam se aproximar por trás para abordar suas vítimas.
i. Mantenha os vidros fechados principalmente ao parar em semáforos.
j. Reduza o tempo de permanência parada no semáforo, diminuindo a velocidade do seu veículo quando ainda está distante do cruzamento e percebe que o sinal vai fechar.
k. Se for abordada por um delinquente que lhe manda descer do carro em que está, saia imediatamente passando entre ele e a lateral do carro e não entre ele e a porta que estará aberta, conforme a figura abaixo. Há mais segurança quando feito desta forma.
l. Se houver uma criança pequena no banco de trás, pegue-a enquanto ainda está dentro do carro e saia com ela nos braços. Jamais tente sair primeiro e pegá-la pela porta de trás, isto aumenta o risco para você e para a criança.
m. Levar uma bolsa “falsa” para tentar enganar o delinquente é desaconselhável, pois se ele perceber que foi enganado quando você ainda está ao alcance dele, poderá querer lhe agredir como forma de vingança.
n. Estacionar seu carro num estacionamento fechado é muito mais seguro que deixá-lo na rua.
o. Remova a frente do equipamento de som e tire da vista outros objetos que poderiam despertar o interesse de delinquentes.
p. Nos dias de frio, sua bolsa poderá ser usada pendurada no ombro, mas por baixo do casaco, se o tamanho da bolsa e do casaco forem compatíveis.

5. Nas compras

a. Se for comprar roupas ou bolsas, pense um pouco na segurança que elas lhe fornecerão conforme os critérios que sugerimos abaixo, lembrando que muitos delinquentes escolhem, por exemplo, uma vítima para um delito conforme o tipo de bolsa e a forma como ela a carrega:
– Roupas: bolsos são amigos da segurança (quanto mais bolsos, mais segurança para os seus bens).
– Bolsos em lugares menos acessíveis ao delinquente protegerão melhor seus bens: na parte da frente do corpo, na parte interna de jaquetas e paletós e nas pernas (como nas roupas estilo militar) são os melhores.
– Veja também se os bolsos são largos e profundos o suficiente para comportar sua carteira ou outros bens de valor que você use com frequência, como celulares, Ipods, palm tops e outros.
– Calças sem bolso obrigam quem a usa a levar na mão objetos que precisariam estar em melhores condições de segurança, como carteiras, celulares e outros, o que facilita a ação de delinquentes.
– Bolsas que possuam um compartimento mais protegido para carteira e objetos de valor facilitam a sua segurança.
– Bolsas com detalhes que reforcem a parede externa da bolsa (pequenos bolsos externos, abas e sobreabas, tecido duplo, costuras de reforço) ou com tecido reforçado (couro duplo ou com intertela de reforço) dificultam cortes e retirada de bens do interior da bolsa
pelo delinquente.
– Bolsas com alças longas que podem ser colocadas à tiracolo oferecem uma certa vantagem, pois são mais difíceis de serem arrebatadas e deixarão suas mão livres para o manuseio de produtos; neste caso deixe a bolsa sempre à frente do corpo, ainda que atrapalhe um pouco a escolha da mercadoria.
– Bolsas sem fecho atraem o interesse de delinquentes, pois um fecho ainda que simples, sempre é um obstáculo a mais para quem quer tomar ilicitamente o que é seu.
– Mochilas podem ser adquiridas e usadas com segurança se forem colocadas à frente do corpo sempre quando estiver em locais com aglomeração de pessoas.
b. Sempre deixe sua bolsa á vista, de preferência junto ao corpo.
c. Bolsas colocadas às costas facilitam a ação dos delinquentes.
d. Evite abrir bolsas ou carteiras em locais de aglomeração de pessoas.
e. Se isto for inevitável, procure ser a mais discreta possível nos seus gestos.
f. No supermercado jamais deixe sua bolsa no carrinho enquanto faz suas compras.

E muitas outras situações que você pode verificar acessando a Cartilha ou fazendo Download

Esta Cartilha foi elaborada pela Academia Policial Militar do Guatupê
BR 277, km 72, São José dos Pinhais/ PR – CEP 83.075-000
Fone: (41) 3299-7900 – email: apmg-p5@pm.pr.gov.br

2 thoughts on “Cartilha de Segurança Feminina

  1. Amei a matéria,está de parabéns.É muito importante estarmos sempre alertas,e assim lendo materias assim nos deixa mais atentas.bjins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *