O inverso do Bullying

Sempre que a palavra Bullying é citada em posts, artigos e notícias ela vem sempre acompanhada de alertas sobre comportamentos agressivos, sobre traumas causados por constrangimentos sofridos e tantas outras ações que gostaríamos de abolir definitivamente do cotidiano, principalmente, escolar.

Eu mesma já fiz vários posts alertando sobre como identificar as ações tidas como prática de Bullying, sobre o que é o Bullying e recentemente citei o game Galáxia Internet que trata do tema Bullying com muita propriedade e responsabilidade.

Acredito realmente que a informação é o principal passo para conter esta desprezível prática.

Porém hoje quero abordar uma situação digna de ser divulgada, compartilhada e tida como exemplo a ser seguido.

O que estes estudantes fizeram foi justamente o inverso do Bullying, ou seja, agiram de forma solidária demonstrando cumplicidade e amizade dignas de se tornarem exemplos para todos nós. Ao invés de se valerem da situação momentânea vivida por Arthur, que sofre de câncer e está careca em razão da quimioterapia, para praticarem o Bullying (o que normalmente acontece),  se preocuparam em se solidarizar, também raspando a cabeça. Isso mesmo, os 26 alunos da classe de Arthur se dispuseram a raspar a cabeça para que ele não fosse o único careca na turma. Este exemplo foi seguido também por alguns professores.

Assistam a reportagem que vale a pena, inclusive, para tomarmos consciência do quanto atitudes simples, porém grandiosas, podem fazer toda a diferença.

4 thoughts on “O inverso do Bullying

  1. Q atitude linda, muito importante divulgar.

    Cybele Reply:

    Olá Patricia, tudo bem?

    Obrigada pelo comentário.
    Volte sempre que quiser
    abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *