Alfabetização, porta de entrada para o mundo

Poderia começar este artigo elencando o número de analfabetos funcionais existentes na nossa sociedade. Poderia falar do fracasso da alfabetização como um todo assim como poderia imputar a culpa aos pais, à escola, aos dirigentes, enfim poderia discorrer sobre este assunto repetindo o que lemos e ouvimos diariamente nos diferentes veículos de comunicação.

Porém não o farei porque acredito que já está mais do que na hora de mudarmos estas falas substituindo-as por uma indagação: O que é que cada um de nós faz para estimular a alfabetização no nosso semelhante seja ele criança, jovem, adulto ou idoso.

A Alfabetização, independente da idade que se tenha, é a mais importante fase do aprendizado, pois é ela que abre caminho para todos os demais. É através da Alfabetização que a pessoa entra em sintonia com o mundo que a cerca.

Ao falar sobre Alfabetização não estou me referindo somente ao ato de representar graficamente o som da fala. Estou indo além. Estou falando da Alfabetização como um mágico veículo de comunicação com o qual a pessoa, progressiva e ininterruptamente, abre seus canais passando a interagir diretamente com todo tipo de informação que estiver ao seu alcance tendo a possibilidade de registrá-la sob a sua ótica.
Estar alfabetizada é muito mais do que saber escrever o próprio nome. Estar alfabetizada é saber se manifestar significativamente, envolvida de reflexão crítica, se tornando formadora de opinião.

E de que forma cada um de nós pode estimular esta alfabetização no nosso semelhante? Na minha opinião é através do estimular o gosto pela leitura, ou melhor dizendo, não coibir o gosto pela leitura, pois a criança, mesmo antes de ter o primeiro contato com as letras, já lê o que está a sua volta, e por falta de estímulo, vai deixando de ler até se tornar alfabetizada.

Quem nunca viu uma criança dando vida aos seus brinquedos e desenvolvendo diálogos incríveis com eles? Que criança que ao ter um livrinho sem palavras nas mãos nunca contou uma linda história somente olhando para suas ilustrações?

É sobre esta Alfabetização que estou falando, que vem através do prazer pela leitura, e que sempre tem gosto de “quero mais”.

A leitura é a melhor ferramenta de construção e deve ser estimulada através do exemplo e do incentivo e nunca através da imposição. Ler é prazer e devemos desenvolvê-lo nas pessoas que estão á nossa volta sejam elas nossos filhos, amigos, vizinhos, parentes, o padeiro, a ajudante do lar, ou até mesmo o desconhecido que podemos surpreendê-lo presenteando-o com um livro sem que estivesse esperando por isso.
Se cada um fizer a sua parte, muito em breve teremos muitos mais leitores e, é claro, muito menos analfabetos funcionais.

Ao estimular a Alfabetização estaremos abrindo as portas do mundo para estas pessoas.

Assim sendo, aproveite a data de 14 de novembro – DIA NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO, e leia contaminando todos a sua volta, somente assim seremos um país Alfabetizado.

2 thoughts on “Alfabetização, porta de entrada para o mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *