Professor conectado #TribdoPlanalto

O jornal Tribuna do Planalto publicou meu texto Professor conectado.

Você pode ter acesso ao jornal na versão virtual para ler  o texto completo clicando AQUI.

Também poderá lê-lo abaixo e deixar a sua opinião.

Professor conectado

A Educação está vivendo um momento histórico em que está se libertando do engessamento de séculos passando a ter um olhar para a sua matéria prima mais preciosa – o aluno.

A partir do momento que o professor olha seu aluno como sendo um ser único, com habilidades e competências próprias e percepções e históricos diferentes de mundo, passa também a enxergar a classe como um local onde a diversidade está presente e por esta razão percebe que não mais poderá usar uma única linguagem para cumprir o currículo. Como afirmo no livro “Inteligências na Prática Educativa”, o professor  entende que “Saber se comunicar consiste em falar a linguagem que o aluno entende e entender a linguagem que o aluno fala”, somente assim é que a aprendizagem acontecerá.

No século passado o professor era tido como o detentor do conteúdo, porém não havia a preocupação de que ao transmiti-lo o mesmo se transformasse em conhecimento. Hoje o professor sabe que ao transmitir o conteúdo este tem que ter significação para o aluno, caso contrário, não se transformará em conhecimento. Gosto de dar o exemplo do “pião” o qual a criança que nunca viu um pião rodar passa por ele, jogado a um canto, e nem o nota. Porém, a partir do momento que lhe é apresentado e mostrado como se faz um pião rodar, nunca mais esta criança passará por ele sem o notar. O mesmo acontece com as informações. A partir do momento que o professor desperta o interesse do aluno, com certeza, ele a transformará em conhecimento.

Os recursos que o professor usa para despertar esta motivação no aluno são fundamentais para o seu sucesso. É por esta razão que integrar a tecnologia como mais um recurso para promover a aprendizagem é questão fundamental, afinal, esta nova geração já nasceu conectada.

Imagine um professor de História Geral falando sobre Idade Média: Como poderá dar significação para estes alunos do século XXI?  Uma das respostas pode ser: Através do uso da tecnologia em sua aula. Se os alunos tiverem um computador para cada um podem continuar na sala de aula, caso não tenham, podem usar o Laboratório de Informática.

Enquanto o professor discorre sobre o assunto poderá levantar questões sobre: Como era a vestimenta dos homens naquela época? Neste momento os alunos que se interessaram pelo questionamento partem para a pesquisa, porém o professor não precisa parar a aula e ficar esperando o resultado. Pode continuar e lançar uma nova questão: E a alimentação, como era? Outros alunos, que têm maior interesse sobre este segmento, irão pesquisar e trarão os resultados que deverão ser compartilhados, naquele momento, sem que se tenha a impressão de que estão interrompendo a aula.

Desta forma o professor continua sua aula instigando mais tópicos, e mantendo toda a sala envolvida no assunto, todos colaborando, partilhando e participando, pois lhes foi despertado o interesse e os mesmos foram atrás da informação formando sua própria opinião sobre o assunto.

É claro que para isso o professor precisa ter um bom planejamento, onde estas intervenções sejam previstas, para que não se perca e, de repente, deixe de abordar um tópico importante. Ao proceder desta forma estará ressignificando sua maneira de planejar a aula fazendo do planejamento uma previsão de caminhada a ser seguida dando abertura para incluir e fazer uso de oportunidades que venham a acontecer durante o percurso, e que possam enriquecer ainda mais a sua aula.

O Professor dinamiza e inova suas aulas através de práticas pedagógicas que possibilitam o uso da tecnologia favorecendo a aprendizagem.

Quem foi que disse que professor e tecnologia não combinam?

E você, o que pensa a respeito?

One thought on “Professor conectado #TribdoPlanalto

  1. Parabéns pelo texto, concordo com a importância da atualização do professor e a inserção da mídia no nosso fazer diário. Estou escrevendo uma monografia sobre o uso do msn como ferramenta potencializadora da construção do Conhecimento Matemático, e na pesquisa realizada ainda é notável que precisamos nos aproximar mais das mídias, torná-las presente nas nossas escolas para que possamos ter um ensino de qualidade concatenado com o mundo “antenado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *