Lavar as mãos – Ação simples que faz a diferença

Participei do Global Hygiene Council 2012 – Education realizado no Hotel Renaissence em São Paulo, organizado por TV Saber e Dettol o qual foram abordados os resultados o estudo feito pelos maiores especialistas do mundo em campos relacionados à Higiene. A pesquisa, aplicada em diversos países, incluindo o Brasil, abordou temas como a importância dos hábitos comportamentais de higiene na saúde e na educação.

 O evento foi ministrado por um dos mais renomados Virologistas do mundo, o Dr. John Oxford, professor da Escola de Medicina de Londres e presidente do Global Hygiene Council juntamente com o Dr. Eitan Berezin, Presidente do Comitê de Doenças Infecciosas da Sociedade Brasiliera de Pediatria os quais abordaram resultados de pesquisas e enquetes em que apontam a importância dos hábitos de higiene na família e quão importante é o papel da escola na orientação e estímulo do desenvolvimento destes hábitos no cotidiano do aluno.

Hábitos simples como lavar as mãos antes e após usar o banheiro são fundamentais para a prevenção de muitas doenças, principalmente pode reduzir a diarreia em 40% segundo as pesquisas realizadas em 14 países.

Porém, é importante salientar que somente molhar as mãos não significa que estão sendo lavadas. É preciso lavá-las adequadamente com sabão. A prova disso é que nos países islâmicos, onde o lavar as mãos pelo menos cinco vezes ao dia faz parte de rituais de purificação, têm grande índice de doenças infecciosas transmitidas pelo contato das mãos.

Assista ao vídeo que foi desenvolvido para orientar sobre a maneira correta de lavar as mãos em razão da epidemia de Gripe A.

Veja no slide abaixo que interessante qual a preocupação das mães no Brasil quando iniciam seus filhos na vida escolar.

Reparem que a mesma porcentagem de 7% em relação à aquisição de infecções na escola também é em não ter roupas ou tênis mais atuais. Esta preocupação tão amena é responsável pelo fato das mães insistirem em mandar seus filhos, mesmo doentes, para a escola não se importando com a disseminação do vírus ou bactéria entre os demais alunos.

Neste outro slide percebam que a menor preocupação é com parasitoses intestinais que está diretamente ligada com a higienização das mãos. Isso leva a crer que falta informação para os pais. É justamente neste campo que entra a responsabilidade dos Pediatras reforçando junto à família a necessidade do lavar as mãos, bem como a responsabilidade da escola trabalhando os hábitos de higiene com seus alunos.

O hábito de lavar as mãos constantemente e corretamente deve integrar o cotidiano das famílias brasileiras. Este simples hábito fará toda a diferença na nossa saúde.

Após estas importantes explanações tivemos um debate entre todos os participantes sendo finalizado o nosso encontro com um delicioso jantar.

Meu agradecimento especial à Martha Ghizellini pela excelente oportunidade e pelo carinho da acolhida.

Até a próxima!

2 thoughts on “Lavar as mãos – Ação simples que faz a diferença

  1. Adorei esse documentário, aliais todos os documentário feitos pelo educar já são reamente muito interessante, além de serem bem elaborados, aqual dar para trabalhar nas escolas com palestras para alunos e em espaços educativos.

    Cybele Reply:

    Olá Flávia, tudo bem?

    Obrigada pelo carinho do seu comentário.
    Continue acompanhando o Educa Já!
    Abraços Equipe Educa Já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *