Projeto GENTE – Escola sem salas de aula na Rocinha

Conversando com Cláudia Costin no UNO Internacional fiquei sabendo mais sobre o Projeto GENTE – Ginásio Experimental de Novas Tecnologias na Escola que terá como Projeto Piloto a Escola Municipal André Urani na Rocinha. O espaço foi reestruturado para receber a nova proposta que dispensa paredes, lousas e carteiras individuais. Agora será um grande salão onde os alunos usarão tablets e terão professores-mentores para orientar as 180 crianças e jovens da Rocinha na linha educacional do século XXI em que o aluno está no centro do processo de aprendizagem.

Os alunos serão os mesmos que frequentavam a escola, porém agora não serão mais divididos por séries e não haverá mais a aula tradicional. Ao invés disto os alunos entre o 7º e o 9º ano (a princípio) serão agrupados em equipes de seis integrantes, que serão chamadas de “famílias”, que terão como ingrediente comum a afinidade, ou seja, o mesmo interesse pelo tema a ser trabalhado.

Muito interessante, não é? O Porvir traz mais informações e fotos.

Saiba mais sobre o Projeto GENTE

O Projeto GENTE é realizado da parceria da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro com a UNESCO,  Instituto Ayrton Senna, Instituto Conecta, Instituto Natura, MSTech, Tamboro, Fundação Telefônica|Vivo e Intel.

Ouça também o que Gilberto Dimentein fala sobre os Projetos do Rio de Janeiro na CBN

7 thoughts on “Projeto GENTE – Escola sem salas de aula na Rocinha

  1. Realmente é um projeto fantástico, torço sinceramente que tudo dê certo com o Projeto GENTE. Porque atuo como Progetec (professora gerenciadora das tecnologias e recursos mediáticos educacionais) do Estado de Mato Grosso de Mato Grosso do Sul e enfrentamos diversos problemas com falta de computadores para os alunos, salas de informáticas com computadores ultrapassados, para se ter uma ideia desenvolvemos o Projeto Conecta e muitas vezes temos que cancelar as aulas dos professores que estão planejadas porque o servidor foi levado para formatar e não tem data certa para ser entregue, pois há várias escolas, “tem que entrar na fila”, ou estamos sem internet, sem falar na net que é de 1 mega. E sabe quem escuta tudo o Progetec, e não somos concursados, apenas contratados pelo estado e vivemos sendo avaliados a todo momento e pressionados pela a SED que o Projeto Conecta tem que dar resultado, agora aqui está o meu desabafo como educadora, como podemos realizar um bom trabalho e mostrar resultado sem recursos tecnológicos. Gostaria de receber uma resposta de vocês.
    Sucessos!!!
    Atenciosamente
    Márcia Araújo

    Cybele Reply:

    Olá Márcia, tudo bem?

    Estamos vivendo uma época de mudanças. Toda mudança exige que se saia da zona de conforto, ou seja, que se enfrente problemas até então inexistentes como é o caso da conexão e a disponibilidade de recursos tecnológicos. Houve época em que todos nós só conectávamos aos domingos ou depois da meia-noite porque era de graça e o congestionamento era imenso. Hoje isso não mais acontece e acabamos esquecendo que já passamos por isso. Percorro o Brasil promovendo formação para professores e tenho a “sorte” de vivenciar o quão diverso é o nosso país e a enormidade de dificuldade existente em cada região. Sei que isso vai passar e talvez eu nem esteja mais por aqui quando isso acontecer, mas fico feliz por estar dando os primeiros passos. Os Bandeirantes quando se embrenhavam pelo mato abrindo trilhas enfrentaram muitas dificuldades, e hoje passamos com nossos automóveis, super possantes, e nem nos lembramos de tudo que já aconteceu até chegar a esta realidade. O mesmo acontecerá quando estes problemas forem resolvidos e novas carências surgirem. O mais importante é fazermos a nossa parte. A criatividade é desenvolvida em razão da dificuldade. Ninguém mais se preocupa em inventar uma nova roda porque esta supre todas as necessidades. Te desejo boa sorte e muita força para ajudar a mudar a realidade da educação brasileira.
    Obrigada por acompanhar o Educa Já! e continue conosco.
    Tudo de bom!
    Abraços
    Cybele Meyer

  2. Sou Pedagoga e achei o projeto muito interessante, estou na torcida para que tudo funcione como o esperado.
    Atenciosamente
    Maria de Fátima

    Cybele Reply:

    Olá Maria de Fátima, tudo bem?

    Obrigada pelo carinho do comentário.
    Continue nos acompanhando, pois sempre teremos novidades.
    abraços e sucesso!
    Equipe Educa Já!

  3. Que projeto mais lindo!

    Realmente as dificuldades que podem surgir para todas as pedagogas e envolvidos no processo podem ser muitas. Inclusive trazer desanimo, porém acredito que com esforço, dedicação e perseverança, todos os cidadãos brasileiros e todos os educadores poderão ver os frutos no futuro.
    Parabéns pelo trabalho que estão desenvolvendo!
    Um abraco.

    Cybele Reply:

    Olá Rosane, tudo bem?

    Obrigada por enriquecer o Educa Já com seu comentário.
    Continue nos acompanhando.
    Abraços
    Equipe Educa Já!

  4. Tive oportunidade de visitar essa escola e fiquei muito tocada com a grandeza do projeto.
    Ha tempos procuro mais noticias e não encontro nada.
    O que houve?
    Como está o Projeto atualmente?
    Há algum blog que possa ser acessado para acompanhamento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *