Programa Recode, do CDI, chega a 50 bibliotecas públicas do País

Biblioteca

Iniciativa prevê a entrega de 500 novos computadores, capacitação de bibliotecários no uso da tecnologia e vai impactar mais de 300 mil usuários em diversas regiões brasileiras

Formar indivíduos autônomos e conectados que, a partir de uma nova consciência, usam a tecnologia como ferramenta para gerar impacto positivo na sua vida e na sua comunidade.  Esse é o Programa Recode, do CDI, que chega a 50 bibliotecas públicas do país e proporciona a bibliotecários e jovens, a oportunidade de serem “reprogramadores” da sua realidade, e acesso a uma rede que conecta experiências inovadoras.

A iniciativa conta com patrocínio da The Bill & Melinda Gates Foundation que investiu 2.3 milhões de dólares, e apoio da SNBP (Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas), e foi apresentada hoje em São Paulo,  dia 9 de setembro, às 9 h, na Biblioteca Alceu Amoroso Lima (Rua Henrique Schaumann, 777 Pinheiros).                                                

A maior parte das bibliotecas selecionadas está localizada em pequenas cidades, distribuídas em 46 municípios nas cinco regiões do país, sendo que a maior concentração é no Nordeste.

Ao todo, mais de 300 mil usuários das bibliotecas contempladas, serão diretamente impactados por esta iniciativa, que terá duração de dois anos. Cada local selecionado irá receber formação  para os bibliotecários, além de 10 novos computadores, que serão utilizados livremente para iniciativas de empoderamento digital com foco no protagonismo e autonomia em tecnologia de informação e comunicação e compartilhamento em rede de novas ideias.  

A metodologia tem como foco o despertar de uma atitude empreendedora e visa utilizar as novas tecnologias para conectar as inteligências individuais na construção de uma inteligência coletiva, capaz de identificar desafios, oportunidades e criar soluções para o dia a dia. “O legado que esperamos construir com esse programa consiste em ajudar o bibliotecário a se tornar mais autônomo e mais consciente do seu poder de transformação social. Para tanto, queremos contribuir para despertar nele uma atitude empreendedora e fazê-lo acreditar que  pode reprogramar o espaço da biblioteca e as comunidades atendidas com o uso da tecnologia. Nós vamos oferecer ferramentas para ele se torne esse agente de transformação”, explica Ana Paula Lima, Gerente Recode em Bibliotecas, no CDI.  

O Programa Recode se apoia em três pilares: metodologia baseada em resolução de problemas, desenvolvimento de habilidades socioemocionais do século XXI e autonomia em Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), que vão permear a atuação do CDI pelos próximos anos e em seus canais de atuação, que atualmente são centros comunitários, escolas e bibliotecas públicas. “O principal objetivo do programa Recode em bibliotecas é fomentar a criação de um ambiente de inovacão, capacitando os bibliotecários para maior integração de tecnologia em suas atividades. Durante o programa,  vamos também co-criar novas práticas do uso da tecnologia para o acesso à informação e melhoria na qualidade de vida da comunidade, e estimular a liderança nos bibliotecários na condução deste processo.”, diz Elaine Pinheiro, Diretora Executiva do CDI Brasil.

Sobre o CDI

O CDI é uma organização social voltada ao empoderamento digital, que busca formar indivíduos autônomos, conscientes e conectados, aptos a reprogramar o sistema em que estão inseridos, através do uso da tecnologia. Por meio de 842 espaços de capacitação digital, a Rede CDI está presente em 15 países e 16 estados brasileiros e impactou até hoje mais de 1,64 milhão de vidas. Essa rede global é coordenada e acompanhada por 24 escritórios regionais e internacionais, estendendo-se aos lugares mais remotos do Brasil e da América Latina.

Revista Educatrix – Acabou de sair do forno

Educatrix Cybele Meyer

Recebi agora a Revista Educatrix nº8, da Editora Moderna, que acabou de sair do forno.

Como em todas as outras edições os temas são incríveis!

Você pode acessar e baixar a Revista Educatrix gratuitamente neste    link  http://www.moderna.com.br/educatrix/ed8/educatrix8.html?pag=24 e desfrutar de todos os assuntos.

Recebi também o livro “O que revela o espaço escolar? Um livro para diretores de escola” .

Este livro é o resultado de um trabalho de mais de dez anos em gestão escolar, uma das frentes de atuação da Comunidade Educativa CEDAC.

A Editora Moderna, reconhecendo o potencial e o alcance da obra, uniu-se à Comunidade Educativa CEDAC no desafio de publicar uma nova edição para distribuição gratuit, com o apoio da Fundação Santillana.

Para baixar esse livro acesse esse link http://www.comunidadeeducativa.org.br/wp-content/uploads/2015/05/116.pdf e boa leitura!

Faber-Castell lança Gelato no Brasil

  Faber CastellOs bastões de cera pigmentados que já são sucesso em vários países podem ser utilizados em diversas superfícies

A Faber-Castell acaba de lançar, no Brasil, o Gelato!

Sucesso em diversos países, o Gelato é um bastão pigmentado retrátil, disponível no país em até 12 cores diferentes, que pode ser utilizado em diversas superfícies como papel, cartão, madeira e tecido.

Os novos produtos são indicados tanto para serem usados em técnicas a seco como as que usam água, como a aquarela, o que possibilita a criação de diversos efeitos. Sua textura e alta concentração de pigmentos garantem cores vivas e intensas e são perfeitos para criar e colorir, utilizando técnicas já existentes ou a criatividade.

Para quem gosta de criar cartões, presentes artesanais, scrapbook, projetos artísticos ou de artesanato, seja profissionalmente ou por hobby, vai adorar a novidade.

Em técnica seca, é possível a aplicação dos pigmentos diretamente sobre a superfície, esfumá-lo mesclando cores e em estamparia, aplicando o Gelato sobre os carimbos e depois estes sobre as superfícies. Já seu uso com água permite, além da aquarela, efeitos de gotejamento e spray.

Além de sua textura e pigmentação os bastões não possuem ácido e odor, suas cores vivas e intensas se combinam e mesclam, transformando-se em novas cores e nuances. Misturados à água se transformam em tintas, ideais para papel, telas, madeiras, cerâmicas e vidros.

Faber Castell 1

O Gelato faz parte da linha Creative Studio, que oferece os melhores produtos para a introdução à arte e é indicado a jovens artistas, estudantes de arte e criativos. A variedade de produtos inclui lápis de colorir Art Grip com mina permanente e mina aquarelável, Canetas Artísticas Pitt, Canetas para caligrafia, pastel seco e oleoso e os Gelatos. Todos os produtos possuem pigmentos de alta qualidade que asseguram cores vivas e intensas.

O Gelato está disponível em bastões de 6 e 12 cores.

Faber Castell 2

Tetra Pak® lança novo site Rota da Reciclagem

Rota

 

Com novo layout, o site Rota da Reciclagem, o primeiro buscador de locais para entrega de recicláveis lançado no Brasil, está mais moderno e didático. A iniciativa da Tetra Pak® tem a missão de ajudar os consumidores a encontrar locais para destinar as embalagens longa vida pós-consumo e outros resíduos para a reciclagem, que sejam pontos de entrega voluntária, cooperativas de catadores ou comércios.

No ar há seis anos, a ferramenta tem mais de cinco mil pontos cadastrados, distribuídos por todas as regiões do Brasil. Disponível também como aplicativo, pode ser baixado gratuitamente pela Apple Store para os usuários de iPhone e iPad. O objetivo é tornar a informação contida no site ainda mais acessível aos consumidores e, desta forma, aumentar a participação dos consumidores na reciclagem.

De acordo com Fernando von Zuben, Diretor de Meio Ambiente da Tetra Pak®, a empresa tem grande conhecimento na área de coleta seletiva e reciclagem, funcionando como catalisadora neste processo. “O Rota da Reciclagem surgiu com o intuito de prestar um serviço à população, informando os locais de recebimento de materiais recicláveis para, com isso, aumentar o volume de material enviado para a reciclagem”, afirma.

Por causa do sucesso da ferramenta brasileira, a empresa também lançou há dois anos uma versão em espanhol, que traz os principais pontos mapeados na Argentina, Chile, Panamá, Costa Rica, República Dominicana, Paraguai e Uruguai. Hoje, o www.rutadelreciclado.com tem cerca de 500 pontos cadastrados e ainda deve ser ampliado para toda a América Central e do Sul.

Rota1

Tetra Pak® patrocina documentário sobre preservação da onça-pintada

Onça Pintada

Vejam que charme esta linda onça-pintada que ganhei. Ela é mascote do Projeto Onçafari, que promove a proteção da biodiversidade do Pantanal por meio do Ecoturismo. Além dela também ganhei um caderno reciclado com embalagens da Tetra Pak com a onça-pintada estampada na capa. Também ganhei um bloco de anotações reciclado com embalagens da Tetra Pak® e caneta também reciclada com embalagens da Tetra Pak® além das informações sobre o Projeto o qual compartilho com vocês abaixo.

Lançado no dia 23 de abril, o documentário “Onça-pintada, mais perto do que se pode imaginar” traz cenas reais do Projeto Onçafari, realizado no Pantanal Sul-mato-grossense. Espelhado em trabalhos semelhantes, desenvolvidos principalmente na África, o projeto busca incentivar o turismo de avistamento de animais, com foco na onça-pintada.

Patrocinado pela Tetra Pak® e produzido pela Wild Life Conservation Produções e pela Marca D’água, o filme deve ser transmitido em TV aberta ainda este ano e também tem o apoio das empresas Mitsubishi Motors, RSA, Bemis e Grupo Orinter.

Além de promover a proteção da biodiversidade, o projeto traz benefícios, renda e emprego para os moradores e a comunidade local. De acordo com Mario Haberfeld, coordenador e idealizador do Projeto Onçafari, há anos, as onças-pintadas são perseguidas e caçadas pelo falso prejuízo que causam as fazendas de animais domésticos. “Com a promoção e o crescimento do ecoturismo de avistamento na região, a comunidade percebe o valor de preservar a fauna”, afirma Mario.

O documentário exibe passo a passo das ações realizadas desde o início do projeto, em 2010. Além de diversas cenas de machos, fêmeas e filhotes, o filme apresenta os progressos no método de “habituação” da onça-pintada aos carros com turistas, que não consiste em domesticá-las, apenas fazer com que os animais sejam avistados no habitat natural.  Atualmente o projeto conta com especialistas africanos para realização deste trabalho, que já conseguiu ambientar mais de 20 animais. No entanto, atuando em uma área de 53 mil hectares, o projeto ainda deve envolver outras onças.

Segundo Fernando von Zuben, Diretor de Meio Ambiente da Tetra Pak®, a empresa, tem atuado em programas de proteção à biodiversidade, ao mesmo tempo em que leva informação e conscientização à população. “Acreditamos que a combinação da cultura com a informação é uma maneira eficaz de comunicar a importância da preservação ambiental e de aproximar o assunto aos mais diversos públicos, contribuindo para o desenvolvimento sustentável”, afirma Fernando.

Assista ao trailer:

Galeria do making off, acesse.

“Onça-pintada, mais perto do que se pode imaginar” foi realizado com patrocínio da Tetra Pak® e apoio institucional da ANCINE – Agência Nacional de Cinema.

Ficha técnica
Direção : Túlio Schargel
Produtoras: Wild Life Conservation Produções e Marca D’água

Sobre a Tetra Pak®

A Tetra Pak® é líder mundial em soluções para processamento e envase de alimentos. Atuando próximo aos clientes e fornecedores, oferece produtos seguros, inovadores e ambientalmente corretos, que a cada dia satisfazem as necessidades de centenas de milhões de pessoas em mais de 170 países ao redor do mundo. Com quase 22.000 funcionários em mais de 85 países, a Tetra Pak® acredita na liderança da indústria responsável e em uma abordagem sustentável dos negócios. O slogan “PROTEGE O QUE É BOM” reflete a visão da empresa de tornar o alimento seguro e disponível, em qualquer lugar.  

Sobre o Projeto Onçafari

O Projeto Onçafari é um projeto de conservação que visa promover o ecoturismo no Pantanal através da habituação* de onças pintadas a veículos de safári fotográfico.Com isso, turistas de todo o mundo poderão ter a oportunidade de testemunhar o comportamento fascinante destes belos animais, a partir de um veículo. O ecoturismo está sendo usado como uma ferramenta de conservação importante em muitos lugares no mundo, proporcionando uma importante fonte de trabalho e renda, tanto para proprietários rurais quanto para as comunidades locais, que passam a perceber a importância de manter preservado o ecossistema onde vivem. Grandes extensões de terra são conservadas em todo o planeta desta maneira. O turismo de avistamento de animais faz com que as onças-pintadas passem a ter mais valor vivas do que mortas e que todos, proprietários de terras, comunidades e a natureza lucrem com isso.*É importante frisar que “habituar” as onças não consiste em domesticá-las. Elas continuam totalmente selvagens, apenas deixam de enxergar os veículos como uma ameaça e não se escondem quando o mesmo se aproxima. Esse processo esta sendo acompanhado pelo Cenap, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente.

 

APAE DE SÃO PAULO lança campanha pelo Dia Internacional da Síndrome de Down #EducaJa

APAE

 

Organização lança campanha para conscientizar e promover a inclusão das pessoas com Deficiência Intelectual na escola, no trabalho e na sociedade.

Como parte das atividades alusivas ao Dia Internacional da Síndrome de Down, que acontece em 21 de março, a APAE DE SÃO PAULO lança a campanha “Ter mais um cromossomo não muda quem somos”. Além de buscar a reflexão e transformação sobre a Deficiência Intelectual, a campanha irá mostrar como a qualidade de vida das pessoas com Síndrome de Down pode ser melhorada e os cuidados de saúde que estes indivíduos precisam receber.

Dentre as ações, a Organização vai convidar os internautas a trocarem seus avatares e capas do Twitter e Facebook de 19 a 26 de março por imagens que remetam à campanha. Com o engajamento, a campanha espera levar a mensagem para o maior número de pessoas, fomentando o debate do exercício da cidadania das pessoas com Deficiência Intelectual. Para aderir à campanha, o internauta pode baixar as imagens no site da Organização: http://www.apaesp.org.br/Paginas/2103.aspx

A APAE DE SÃO PAULO atende as pessoas com Deficiência Intelectual, como a Síndrome de Down, em todas as fases de sua vida, do nascimento ao envelhecimento. A conscientização sobre a importância da participação deles na sociedade e o cumprimento do seu potencial pessoal é fundamental para que eles possam alcançar uma melhor qualidade de vida. Além do trabalho de prevenção da Deficiência Intelectual, a Organização oferece atendimento às pessoas com Síndrome de Down para estimulação e habilitação, educação inclusiva, apoio socioeducativo, qualificação e inclusão profissional e apoio ao envelhecimento.

A Síndrome de Down é uma ocorrência genética causada pela presença de um cromossomo 21 extra total ou parcialmente, que resulta em Deficiência Intelectual. Segundo a ONU, a incidência estimada da Síndrome de Down vai de um em mil a um 1,1 mil nascidos vivos em todo o mundo e, a cada ano, cerca de 3 mil a 5 mil crianças nascem com o distúrbio cromossômico.

Sobre a APAE DE SÃO PAULO

A APAE DE SÃO PAULO é uma Organização da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, que há 52 anos promove a prevenção e a inclusão de pessoas com Deficiência Intelectual, produzindo e difundindo conhecimento. Atua desde o nascimento ao processo de envelhecimento, propiciando o desenvolvimento de habilidades e potencialidades que favoreçam a escolaridade e a atividade laboral produtiva, além de oferecer assessoria jurídica às famílias acerca dos direitos das pessoas com Deficiência Intelectual. Pioneiro no Teste do Pezinho no Brasil e credenciado pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência em Triagem Neonatal, o Laboratório APAE DE SÃO PAULO é o maior da América Latina em crianças triadas. Por meio do Instituto APAE DE SÃO PAULO, a Organização gera e dissemina conhecimento científico sobre Deficiência Intelectual com pesquisas e cursos de formação. Para colaborar, os interessados podem ligar para: 11 5080-7000, acessar www.apaesp.org.br ou enviar e-mail para atendimento@apaesp.org.br.