Criança Esperança 2015 – 30 anos

Criança Esperança

Ontem, 16 de julho de 2015, o Criança Esperança abriu oficialmente o seu calendário na sede da Globo em São Paulo e eu estava lá acompanhando tudo de perto. Estavam reunidos a diretora de Responsabilidade Social da Globo, Beatriz Azeredo; o diretor-geral, Rafael Dragaud; a diretora da área programática da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, além dos mobilizadores Lázaro Ramos, Leandra Leal, Dira Paes e Flávio Canto mediados por Pedro Bial estimulando a cultura de solidariedade na sociedade.

Pela primeira vez, a lista dos 30 projetos que serão apoiados é divulgada antes do início das doações. O objetivo é aumentar a mobilização e o engajamento social. Com foco em um maior impacto para os projetos apoiados pela campanha, as instituições passam a ser beneficiadas por um período de dois anos e poderão ser contempladas com o repasse de até R$ 450 mil durante este período – sendo até R$ 250 mil no primeiro ano e R$ 200 mil no segundo ano.

Responsável pela seleção dos projetos beneficiados pelos recursos do ‘Criança Esperança’, a diretora da área programática da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, destacou, durante a coletiva, que o processo seletivo desta edição histórica permitirá um apoio financeiro maior e por período mais longo, fortalecendo as organizações da sociedade civil e os projetos apoiados. Também se optou por fazer um reconhecimento aos projetos que participaram da história do ‘Criança Esperança”, com uma homenagem pela parceria e pelo sucesso do programa.

IMG_20150716_100608091“O processo seletivo é público e transparente, e permite a participação de um grande número de ONGs espalhadas por todo o Brasil. A ideia é que todos os recursos doados sejam adequadamente investidos, contribuindo para transformar a vida de crianças e jovens”, diz Marlova Jovchelovitch Noleto.

A lista das 30 instituições contempladas pode ser acessada pelo site criancaesperanca.com.br. Com um mapa interativo que apresenta em detalhe cada um dos participantes, o público pode conhecer sua área de atuação e localização como também visualizar imagens das iniciativas.

Outra novidade são os mobilizadores que se juntam à campanha. Eles já vêm atuando nos últimos meses, rodando o país e visitando os projetos sociais selecionados para receberem os recursos do ‘Criança Esperança’ em 2016. Leandra Leal, Dira Paes, Flavio Canto e Lázaro Ramos foram os escolhidos para integrar a campanha por seu histórico de envolvimento com causas sociais.

Com uma reflexão sobre os 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente, o encontro foi precedido por um debate mediado pelo jornalista Pedro Bial, que será exibido pela GloboNews, dia 26, às 21h.  O ‘Diálogos da Esperança – 25 anos do ECA: avanços e desafios’ reuniu João Ricardo Costa, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros; Daniel Cara, coordenador-geral da Campanha Nacional Pelo Direito à Educação; Reinaldo Bulgarelli, sócio-diretor da Txai Consultoria e Educação e Luciana Guimarães, fundadora do Instituto Sou da Paz.

CE 2

Também foi lançado o livro ‘Criança Esperança: 30 anos, 30 histórias’. A publicação traz depoimentos de pessoas que encontraram um caminho para romper o ciclo de pobreza e violência em suas comunidades, além de coordenadores de projetos apoiados pela campanha, que relatam sua atuação em defesa da infância e da juventude. “São 30 histórias que mostram o impacto do “Criança Esperança” em todo o Brasil afirma Marlova Jovchelovitch Noleto.

Eu também ganhei o meu:

O Criança Esperança vai ao ar na noite do dia 15 de agosto.

“Como a estrela do programa é o doador”, afirma o diretor-geral  Rafael Dragaud, contará, pela primeira vez, com um ‘Mesão da Esperança’ dentro do programa, com 30 artistas atendendo aos telefonemas e participando ativamente da atração.

O especial terá números que se entrelaçam, mistura de ritmos e encontros inusitados. No palco ‘batidão’, estarão Anitta, Valesca, Ludmilla, Alcione, Mumuzinho, Arlindo Cruz, Talles Roberto e o rapper Renegado.  O ‘sertão pop’ contará com a dupla Henrique e Juliano. Já o terceiro palco será da banda formada por talentos do elenco da emissora: Otaviano Costa no piano, Leticia Colin e Thiago Martins nos vocais, Thiago Fragoso nos vocais e na guitarra, e Dudu Azevedo na bateria. O programa terá também um número especial de Alexandre Nero. Esse time criou uma sonoridade própria para o projeto, sob a supervisão do produtor Guto Graça Mello.

CE 3A música tema do programa foi composta por Gilberto Gil e promete emocionar a todos.

A arrecadação será feita pelos telefones 0500 20015 007, 0500 2015 020 e 0500 2015 040 acontecerá de 1 a 30 de agosto. Os interessados também poderão doar pelo site www.criancaesperanca.com.br ou em casas lotéricas credenciadas, durante o ano inteiro. O público poderá adquirir as camisetas do ‘Criança Esperança’ na Loja Globo (www.loja.globo), com renda revertida para os projetos.

O engajamento continua nas redes sociais. Os usuários serão convidados a postar fotos e textos usando a hashtag #CorrenteAtiveEsperança e mencionar seus amigos. Todos aparecerão em uma grande corrente do bem.

Participe você também dessa corrente do bem. Doe, se envolva contribuindo para um futuro mais digno para as crianças e adolescentes do nosso país.

Faber-Castell dá dicas de como presentear crianças que moram em apartamento

          Especialmente nas grandes cidades, tornou-se um hábito as crianças adaptarem suas brincadeiras ao ambiente pequeno dos apartamentos onde vivem. Muitas vezes, os próprios pais incentivam a diversão dentro de casa, por motivos de segurança e também para estar perto dos filhos. Para presentear estas crianças no Natal, é preciso levar em conta não apenas o que os pequenos realmente querem ganhar, mas também o que é apropriado ao ambiente em que estão.

    Para ajudar na escolha, a Faber-Castell sugere alguns produtos da sua linha Creativity for Kids quealém de oferecerem diversão, também auxiliam no desenvolvimento criativo da criança. Os pequenos poderão montar e colorir seus próprios brinquedos – atividade que pode ser realizada em um ambiente interno, sem a necessidade de muito espaço para guardá-los depois. Assim, a diversão não é comprometida e os pais podem ficar tranquilos quanto à segurança de seus filhos.

Jipe Off-Road: É um verdadeiro sonho para aqueles que gostam de viver aventuras desde pequenos. Com peças de madeira, acessórios e tintas, a própria criança faz o encaixe e customiza o brinquedo da forma que achar mais legal. Depois de pronto, basta viver as maiores aventuras em trilhas e rallies imagináveis! Conteúdo: Um Carro off-road (23 peças, 5 rodas e 3 hastes / pinos em MDF), três potes de tinta 15ml cada, um pincel, uma lixa e um cordão em sisal.

Balão Volta ao Mundo – Um balão para a criança montar, pintar e depois dar uma volta no mundo da imaginação, sem limites. A brincadeira começa com a montagem da  estrutura do balão e depois a pintura pode ser feita como a criança preferir. Conteúdo: Um balão em MDF em três placas para montar, um fio de nylon (móbile), um cordão amarelo e um cordão vermelho, um pincel, três potes de tintas e duas bexigas.

Visite também a Fan Page da Faber Castell.

Doutores da Alegria levam Projeto Plateias Hospitalares à Beneficência Portuguesa de São Paulo nesta sexta-feira (26/7)

Humanizar o atendimento ao paciente e proporcionar leveza para quem está internado é a proposta dessa iniciativa

Os Doutores da Alegria realizam na próxima sexta-feira (26), a partir das 9h30, uma edição especial do projeto Plateias Hospitalares no Salão Nobre da Beneficência Portuguesa de São Paulo (Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista). Parte do elenco de palhaços da ONG fará uma apresentação da Roda Besteirológica, um dos clássicos do repertório do grupo.

A iniciativa é um dos pilares na ampliação da atuação da ONG, que segue com as visitas aos leitos hospitalares infantis – base de seu trabalho desde 1991, quando foi fundada – mas agora avança no intuito de transformar o hospital cada vez mais em um espaço de vida e de arte.

Assim, Plateias Hospitalares tem por objetivo ampliar o acesso à cultura, levando apresentações artísticas de qualidade a pacientes, visitantes, profissionais de saúde e colaboradores de hospitais, que no momento que estão hospitalizados dificilmente tem acesso à arte. A Beneficência Portuguesa de São Paulo é um local propício uma vez que conta com um salão para 300 lugares, além de outros espaços entre os prédios e jardins do Hospital (são 5 blocos em mais de 30.000 m², o que representa mais de 140.000 m² de área construída).

“O nosso objetivo é contribuir para que adultos e crianças enfrentem com mais motivação o tratamento da doença. Além disso, o grupo traz uma maior compreensão sobre o atendimento médico, que reflete positivamente no atendimento de toda a equipe multidisciplinar”, enfatiza Fadi Antoine Taraboulsi, Superintendente de Hotelariado Hospital.

Sobre os Doutores da Alegria

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais da saúde. A essência do trabalho é a utilização no hospital da paródia do palhaço que brinca de ser médico, tendo como referência a alegria e o lado saudável dos pacientes e colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem.

Fundada por Wellington Nogueira em 1991, a ONG está focada em três eixos: a ampliação de seu público; a articulação de políticas públicas nas áreas de cultura e saúde e de grupos e organizações de palhaços que atuam em hospitais; e a formação de artistas capazes de contribuir com outras realidades, tanto de palhaços e profissionais de saúde como de outros segmentos.

Com mais de 900 mil visitas já realizadas, unidades em funcionamento em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife e 40 palhaços profissionais (não voluntários) em seu elenco, tem ampliado seu público contemplando outras faixas etárias em suas ações nos hospitais e levando variadas formas de arte aos pacientes por meio de outros projetos, como o Plateias Hospitalares. Também apresenta espetáculos e rodas besteirológicas em teatros.

Reconhecida por seu profissionalismo e atuação inovadora, articula uma rede de iniciativas semelhantes em todo país, com mais de 630 grupos de palhaços que visitam hospitais. E desempenha um papel referencial na pesquisa da linguagem do palhaço e na formação de jovens, artistas profissionais e interessados, por meio de sua Escola.

Mantida por doações de pessoas e empresas, a organização possui a certificação de utilidade pública nas esferas federal, estadual e municipal. Recebeu o Prêmio Criança da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas. Recebeu ainda o Prêmio Cultura e Saúde, em 2009 e 2010 pelo Programa Cultura Viva, iniciativa conjunta dos Ministérios da Cultura e Saúde. Recentemente, recebeu a certificação do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS.

DOUTORES DA ALEGRIA – NA BENEFICÊNCIA PORTUGUESA DE SÃO PAULO

PLATEIAS HOSPITALARES

Sexta-feira, 26 de julho de 2013. A partir das 9h30

Endereço: Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista – São Paulo (SP)

Participe do Food Revolution Day #Alana

O Food Revolution Day, promovido pelo chef britânico Jamie Oliver, tem o objetivo de estimular a reflexão sobre como nos alimentamos. A ideia é realizar atividades em todo o mundo defendendo a boa alimentação e o hábito de cozinhar.

No Brasil, uma em cada três crianças já está com sobrepeso, e cerca de 15% são obesas. Repensar a forma como nos alimentamos é fundamental para mudar esse quadro.

Pensando nisso, que tal organizar uma exibição do filme Muito Além do Peso para marcar o Food Revolution Day?

O evento pode acontecer em qualquer lugar, mas é ainda melhor se você conseguir uma exibição para pais e professores de uma escola com que você tenha contato!

Acesse http://alana.org.br/foodrev e veja algumas dicas de como realizar a sua exibição do documentário.

O sucesso do Food Revolution Day depende de pessoas como você.

Vamos, juntos, mudar a alimentação das crianças brasileiras!

Não deixe de compartilhar os resultados.

 

Educação e Sociedade Contemporânea

Quero convidar vocês para assistirem o vídeo da Palestra ministrada por Lucy Duró no Rio Grande do Sul no Congresso do Ensino Privado Gaúcho.

Lucy Duró já esteve aqui no Educa Já! diversas vezes sempre contribuindo para uma Educação de qualidade. Para ter acesso aos outros posts clique AQUI

 Lucy afirma que

“A sociedade contemporânea desenvolveu-se muito em relação a tecnologia, entretanto ainda há um grande contigente de pessoas passando fome no mundo. A escola como uma das intituições sociais responsaveis pela formação humana ainda valoriza uns em detrimento de outros. Desconsidera as diferenças e, muitas vezes, condena crianças e jovens por não atenderem o padrão determinado por ela. Quanto do potencial humano é perdido em uma sala de aula que promove a memorização, a competição e a meritocracia?
Será que a escola está mesmo trabalhando com os valores necessarios para formação de um indivíduo ético?