Educação: Mitos X Fatos debate sobre vários tópicos na sua 3ª Edição

Convite Cybele Meyer

Aconteceu nessa terça-feira, dia 23 de junho, a 3ª edição do seminário Educação: Mitos X Fatos o qual reuniu nomes como André Gravatá, Anna Penido, Sintian Schmitd e Fernando Gabeira com a mediação de Maria Beltrão para debater sobre os seguintes temas: “O jovem não se interessa pela escola”; “A família perdeu o controle, o jovem só estuda se quiser” e “As novas tecnologias atrapalham os estudos”.

O grande diferencial desse seminário é que ele dá voz às pessoas. Foram ouvidas mais de 150 pessoas de diferentes cidades dos estados de São Paulo (SP), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA) e os depoimentos foram compartilhados com todos os presentes através dos telões.

Cybele Meyer 1

Sobre a primeira questão os jovens entrevistados afirmaram que se interessam sim pela escola e que esperam que ela adote um formato mais dinâmico para que eles possam participar mais ativamente interagindo, colaborando, enfim trabalhando junto com o professor, em parceria, focando em um crescimento mútuo.

Sobre a questão da família muitos opinaram sobre o fato de ela estar perdida e não saber ao certo qual seu papel diante da educação do seu filho. Foi debatido entre os convidados que a parceria família e escola é fundamental para o desenvolvimento integral do aluno, porém é preciso que escola e família se disponibilizem para que essa parceria se torne real e ativa dando, dessa forma, amparo ao aluno e motivando-o a estudar.

Em relação ao fato de as novas tecnologias estarem ativas também na escola foi muito bem abordado, principalmente quando os debatedores afirmaram que ela deve ser somente mais um recurso, que não deve ser destacada e sim usada normalmente, como se usa o lápis e o caderno e como deve também auxiliar o professor em suas atividades.

Um tópico que foi muito bem abordado foi em relação à valorização do professor, e esse tema me interessa e muito uma vez que tenho tratado aqui no blog  através dos posts, também em vídeos e também no Facebook usando a #ValordeSerProfessor sobre a mudança de conceito em relação à valorização da profissão do professor

Cybele Meyer 2Minha amiga, agora não mais virtual pois a conheci pessoalmente no seminário, Sintian Schmitd se manifestou sobre a necessidade de “revolucionar a percepção da valorização do professor”. Nós fazemos parte de um grupo de discussão sobre Educação chamado blogs_educativos há mais de 7 anos e agora tivemos a oportunidade de nos conhecermos pessoalmente, pois eu sou de SP e ela do RS.

O debate foi maravilhoso, assim como as outras duas edições que eu também estive presente, e será transmitido amanhã, sábado, dia 27 de junho às 21 horas na GloboNews. Vale muito a pena acompanhar.

Se você quiser saber mais sobre as escolas que foram visitadas e sobre os jovens que estiveram engajados acesse essa matéria publicada ontem pela GloboEducação: “Globo realiza 3ª edição de seminário sobre mitos da educação brasileira”.

“Redes Sociais na Educação” – debate on-line

Teresa Ralston fazendo a abertura do debate

Como vocês já sabem e muitos participaram do debate “Redes Sociais na Educação” promovido pelas Editoras Ática e Scipione,  seja assistindo através do link disponibilizado, e aproveito para contar que tivemos 900 participantes on-line, seja através do Twitter e do chat, que segundo informações extraídas do blog Eu Amo Educar o evento entrou para os 10 assuntos mais comentados do Brasil ficando em 4º lugar da lista Trending Topics dos participantes de São Paulo contando com 2100 comentários.

Isto prova o quanto o assunto Educação e o envolvimento de pessoas comprometidas desperta interesse e participação daqueles que almejam uma educação de qualidade para todos.

Cheguei no evento em cima da hora devido ao enorme trânsito que peguei, mas consegui chegar antes do início dando tempo de cumprimentar os amigos especiais que é sempre um prazer revê-los e conhecer pessoalmente aqueles que tenho contato somente através das Redes Sociais.

Minha chegada foi registrada com esta bela foto tirada gentilmente assim como as dos demais participantes que podem ser acessadas AQUI

O debate teve a rica participação de Eduardo Chaves, Claudia Aratangy e Galeno Amorim (online pois estava em Brasília) o qual apontaram que a aprendizagem colaborativa se tornou realidade em razão da internet e suas redes sociais sempre lembrando que a mudança de concepção do professor é fundamental para esta possibilidade.

O uso do celular em sala de aula também foi um dos tópicos abordados sendo defendido desde que seja contextualizado e não como um “desviador” de atenção.

Enfim, o encontro foi imensamente proveitoso e quem pôde acompanhar via web saiu mais enriquecido. As conversas que fluem após o evento são deliciosas.

E vejam que beleza os presentes que ganhei:

Vários livros que em breve falarei sobre eles, pois são excelentes para serem trabalhados em sala de aula.

Esta pulseira pen-drive é uma graça e tem gravada o “Eu amo educar” .


E eu já colei na minha agenda o adesivo do Eu Amo Educar.


Assista ao vídeo abaixo e veja como você pode participar do blog “Eu Amo Educar” e quais os recursos que você pode utilizar para compartilhar suas experiências na Educação.