Doutores da Alegria levam Projeto Plateias Hospitalares à Beneficência Portuguesa de São Paulo nesta sexta-feira (26/7)

Humanizar o atendimento ao paciente e proporcionar leveza para quem está internado é a proposta dessa iniciativa

Os Doutores da Alegria realizam na próxima sexta-feira (26), a partir das 9h30, uma edição especial do projeto Plateias Hospitalares no Salão Nobre da Beneficência Portuguesa de São Paulo (Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista). Parte do elenco de palhaços da ONG fará uma apresentação da Roda Besteirológica, um dos clássicos do repertório do grupo.

A iniciativa é um dos pilares na ampliação da atuação da ONG, que segue com as visitas aos leitos hospitalares infantis – base de seu trabalho desde 1991, quando foi fundada – mas agora avança no intuito de transformar o hospital cada vez mais em um espaço de vida e de arte.

Assim, Plateias Hospitalares tem por objetivo ampliar o acesso à cultura, levando apresentações artísticas de qualidade a pacientes, visitantes, profissionais de saúde e colaboradores de hospitais, que no momento que estão hospitalizados dificilmente tem acesso à arte. A Beneficência Portuguesa de São Paulo é um local propício uma vez que conta com um salão para 300 lugares, além de outros espaços entre os prédios e jardins do Hospital (são 5 blocos em mais de 30.000 m², o que representa mais de 140.000 m² de área construída).

“O nosso objetivo é contribuir para que adultos e crianças enfrentem com mais motivação o tratamento da doença. Além disso, o grupo traz uma maior compreensão sobre o atendimento médico, que reflete positivamente no atendimento de toda a equipe multidisciplinar”, enfatiza Fadi Antoine Taraboulsi, Superintendente de Hotelariado Hospital.

Sobre os Doutores da Alegria

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais da saúde. A essência do trabalho é a utilização no hospital da paródia do palhaço que brinca de ser médico, tendo como referência a alegria e o lado saudável dos pacientes e colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem.

Fundada por Wellington Nogueira em 1991, a ONG está focada em três eixos: a ampliação de seu público; a articulação de políticas públicas nas áreas de cultura e saúde e de grupos e organizações de palhaços que atuam em hospitais; e a formação de artistas capazes de contribuir com outras realidades, tanto de palhaços e profissionais de saúde como de outros segmentos.

Com mais de 900 mil visitas já realizadas, unidades em funcionamento em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife e 40 palhaços profissionais (não voluntários) em seu elenco, tem ampliado seu público contemplando outras faixas etárias em suas ações nos hospitais e levando variadas formas de arte aos pacientes por meio de outros projetos, como o Plateias Hospitalares. Também apresenta espetáculos e rodas besteirológicas em teatros.

Reconhecida por seu profissionalismo e atuação inovadora, articula uma rede de iniciativas semelhantes em todo país, com mais de 630 grupos de palhaços que visitam hospitais. E desempenha um papel referencial na pesquisa da linguagem do palhaço e na formação de jovens, artistas profissionais e interessados, por meio de sua Escola.

Mantida por doações de pessoas e empresas, a organização possui a certificação de utilidade pública nas esferas federal, estadual e municipal. Recebeu o Prêmio Criança da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas. Recebeu ainda o Prêmio Cultura e Saúde, em 2009 e 2010 pelo Programa Cultura Viva, iniciativa conjunta dos Ministérios da Cultura e Saúde. Recentemente, recebeu a certificação do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS.

DOUTORES DA ALEGRIA – NA BENEFICÊNCIA PORTUGUESA DE SÃO PAULO

PLATEIAS HOSPITALARES

Sexta-feira, 26 de julho de 2013. A partir das 9h30

Endereço: Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista – São Paulo (SP)