Einstein mobiliza população por trânsito mais seguro

A brincadeira do Carnaval acabou mas a responsabilidade no trânsito continua.

O Brasil é o quinto País no mundo com maior número de mortes por acidentes de trânsito. São 42 mil motoristas, motociclistas e pedestres mortos todos os anos. Deste total, aproximadamente 70% são causados por pessoas alcoolizadas.

Preocupado com esse cenário que já configura um problema de saúde pública, o Hospital Israelita Albert Einstein acaba de criar uma campanha online de conscientização sobre os problemas da combinação entre álcool e direção.

A campanha, criada pela fri.to, conta com um game especialmente desenvolvido para a ação em que os usuários podem testar suas habilidades ao volante, enquanto garrafas de bebidas vão sendo inseridas na brincadeira, simulando todos os distúrbios causados pelo álcool e sua perigosa associação à direção. Intitulado “Racing Cars”, o game estará disponível em uma aba especial do Facebook do Einstein, juntamente com dicas dos especialistas em álcool e drogas do hospital, além do vídeo que mostra como foram feitas as blitze em bares na Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, em que jovens experimentavam o jogo.

Nas blitze uma promotora abordava jovens que tomavam bebidas alcoólicas em diferentes bares de São Paulo e as convidava para disputar uma corrida no “Racing Cars”.

A cada fase da corrida, a pessoa era “premiada” com uma garrafa de bebida alcoólica e o controle do carro se tornava mais difícil. Quando o jogador inevitavelmente batia o carro, a frase “Aqui você tem uma nova chance, lá fora não. Não jogue com a sua vida” podia ser lida na tela do tablet. Neste momento, o voluntário descobria que estava fazendo parte de uma campanha de conscientização assinada pelo Hospital Israelita Albert Einstein 

As reações das pessoas abordadas foram filmadas e se transformaram no vídeo da campanha.

O objetivo principal do Einstein é mostrar, de forma prática, o quanto o álcool pode comprometer o desempenho e os reflexos de uma pessoa enquanto ela dirige.  Ao expor a pessoa a essa situação, por meio de um jogo, a condição de dirigir embriagado se torna mais real e, consequentemente, a conscientização é mais eficaz do que apenas falar sobre o assunto.

Para jogar o game clique AQUI

O vídeo da campanha estará disponível no Youtube do Einstein e também poderá ser compartilhado nas redes sociais pela aba especial do Facebook.

Game Galaxia Internet fala sobre Bullying e os perigos na Rede

No sábado, dia 18 de junho, o jornal da Tv Cultura falou sobre o game Galaxia Internet destinado a crianças e adolescentes orientando sobre o navegar seguro na internet.

O jogo aborda assuntos como Bullying, assédio sexual orienta sobre o como frequentar Redes Sociais de forma segura, e tudo isso de forma lúdica e motivadora.

Excelente opção para trabalhar estes temas bem como orientar sobre o uso correto da internet.

Assista à reportagem clicando na imagem abaixo: O vídeo é do 1° bloco e começa a partir do 10:17 min

 

 

 

Os games como recurso didático #educacao

Já vai longe a época em que os games didáticos eram menos expressivos e motivadores que os games de entretenimento. Hoje eles são tão dinâmicos quanto.

O game Achados e Perdidos indicado para crianças de 6 a 11 anos consiste em a criança achar objetos que não estão dentro do contexto do cenário apresentado. Este game estimula a lógica e consequente interpretação de texto. Quem está trazendo este game para o Brasil é a Divertire que já trouxe a série COELHO SABIDO que é o maior fenômeno de vendas de jogos educativos atingindo a marca de 1 milhão de cópias distribuídas.

Há um tempo atrás a escola já indicava alguns games como reforço de algumas disciplinas, porém hoje eles estão sendo usados como a própria ferramenta de ensino. A secretaria de educação de São Paulo reservou uma verba para investir em softwares educacionais como recurso de aprendizagem.

O jogo Labirinto, por exemplo, é um excelente recurso para desenvolver não só a coordenação motora mas também a lateralidade, o criar estratégias bem como a percepção visual. Há também o Labirinto para crianças de 2 a 6 anos.

O Sokoban é um excelente jogo de raciocínio lógico. O objetivo é agrupar as peças num determinado espaço. Como os movimentos são limitados a atenção tem que ser constante e a criatividade tem que estar em plena atividade para poder superar os obstáculos e não ficar sem saída. É um excelente estímulo à capacidade de resolver problemas. O game é interessante tanto para crianças quanto para adultos.

Os games são excelentes recursos para se trabalhar a atenção, o raciocínio, a criatividade, o experimentar, a coordenação e inúmeras habilidades tão importantes para o desempenho na formação geral da criança. Sugiro o texto de José Manuel Moran, especialista no uso das TICs na educação que embasará o incentivo a esta prática dos pais em parceria com a escola.