Doutores da Alegria levam Projeto Plateias Hospitalares à Beneficência Portuguesa de São Paulo nesta sexta-feira (26/7)

Humanizar o atendimento ao paciente e proporcionar leveza para quem está internado é a proposta dessa iniciativa

Os Doutores da Alegria realizam na próxima sexta-feira (26), a partir das 9h30, uma edição especial do projeto Plateias Hospitalares no Salão Nobre da Beneficência Portuguesa de São Paulo (Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista). Parte do elenco de palhaços da ONG fará uma apresentação da Roda Besteirológica, um dos clássicos do repertório do grupo.

A iniciativa é um dos pilares na ampliação da atuação da ONG, que segue com as visitas aos leitos hospitalares infantis – base de seu trabalho desde 1991, quando foi fundada – mas agora avança no intuito de transformar o hospital cada vez mais em um espaço de vida e de arte.

Assim, Plateias Hospitalares tem por objetivo ampliar o acesso à cultura, levando apresentações artísticas de qualidade a pacientes, visitantes, profissionais de saúde e colaboradores de hospitais, que no momento que estão hospitalizados dificilmente tem acesso à arte. A Beneficência Portuguesa de São Paulo é um local propício uma vez que conta com um salão para 300 lugares, além de outros espaços entre os prédios e jardins do Hospital (são 5 blocos em mais de 30.000 m², o que representa mais de 140.000 m² de área construída).

“O nosso objetivo é contribuir para que adultos e crianças enfrentem com mais motivação o tratamento da doença. Além disso, o grupo traz uma maior compreensão sobre o atendimento médico, que reflete positivamente no atendimento de toda a equipe multidisciplinar”, enfatiza Fadi Antoine Taraboulsi, Superintendente de Hotelariado Hospital.

Sobre os Doutores da Alegria

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais da saúde. A essência do trabalho é a utilização no hospital da paródia do palhaço que brinca de ser médico, tendo como referência a alegria e o lado saudável dos pacientes e colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem.

Fundada por Wellington Nogueira em 1991, a ONG está focada em três eixos: a ampliação de seu público; a articulação de políticas públicas nas áreas de cultura e saúde e de grupos e organizações de palhaços que atuam em hospitais; e a formação de artistas capazes de contribuir com outras realidades, tanto de palhaços e profissionais de saúde como de outros segmentos.

Com mais de 900 mil visitas já realizadas, unidades em funcionamento em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife e 40 palhaços profissionais (não voluntários) em seu elenco, tem ampliado seu público contemplando outras faixas etárias em suas ações nos hospitais e levando variadas formas de arte aos pacientes por meio de outros projetos, como o Plateias Hospitalares. Também apresenta espetáculos e rodas besteirológicas em teatros.

Reconhecida por seu profissionalismo e atuação inovadora, articula uma rede de iniciativas semelhantes em todo país, com mais de 630 grupos de palhaços que visitam hospitais. E desempenha um papel referencial na pesquisa da linguagem do palhaço e na formação de jovens, artistas profissionais e interessados, por meio de sua Escola.

Mantida por doações de pessoas e empresas, a organização possui a certificação de utilidade pública nas esferas federal, estadual e municipal. Recebeu o Prêmio Criança da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas. Recebeu ainda o Prêmio Cultura e Saúde, em 2009 e 2010 pelo Programa Cultura Viva, iniciativa conjunta dos Ministérios da Cultura e Saúde. Recentemente, recebeu a certificação do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS.

DOUTORES DA ALEGRIA – NA BENEFICÊNCIA PORTUGUESA DE SÃO PAULO

PLATEIAS HOSPITALARES

Sexta-feira, 26 de julho de 2013. A partir das 9h30

Endereço: Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista – São Paulo (SP)

Outubro Rosa no Hospital Santa Paula #santapaularosa

O mês de outubro é um mês incrivelmente especial pois se comemora o Dia das Crianças, o Dia da Padroeira do Brasil e o Outubro Rosa

Há praticamente quatro anos que participo do Movimento Outubro Rosa seja através de ações promovidas pela presidente da FEMAMA Maira Caleffi, seja junto de Mirela Janotti autora do livro Força na Peruca , Blogagens coletivas ou debates como o promovido pela FEMME – Laboratório da Mulher na Campanha Saúde da Mulher 2009

Este ano estou novamente participando da Blogagem Coletiva proposta pela @samegui que envolve muitas blogueiras com seus posts maravilhosos que vou elencar ao final desta postagem.

Aproveito para destacar que este ano o Hospital Santa Paula também está participando da Blogagem Coletiva do Outubro Rosa e além de iluminar de Rosa o seu prédio está promovendo uma série de Palestras as quais tive o privilégio de ser convidada para participar, daqui há pouco, juntamente com outras amigas queridas e blogueiras:

Flavia Penido

Simone Miletic

Patrícia Mattos

Selma Roberta

dos debates pós Palestras os quais estarei debatendo e tuitando de lá.

O Hospital Santa Paula, localizado na Zona Sul de São Paulo, participa do Outubro Rosa, com várias atividades. O hospital ficará todo iluminado de rosa, a exemplo de vários monumentos no Brasil e no mundo, realizará uma série de palestras educativas, gratuitas e abertas ao público, sobre o tema e distribuirá folhetos explicativos sobre a prevenção, tudo com o apoio da Sociedade Brasileira de Mastologia. Os folhetos também serão distribuídos em empresas, que aderiram a Campanha juntamente com o Santa Paula, como Tetra Pak, Anhembi Morumbi e ZumBrazil. Para fortalecer a campanha, toda a equipe do Santa Paula usará botons relativos ao Outubro Rosa.

Muitos artistas e personalidades posaram com a camiseta símbolo da campanha. Entre eles estão o ator Malvino Salvador, a primeira dama de São Paulo Lu Alckmin, o médico da Seleção Brasileira de futebol Rodrigo Lasmar, os cantores Paulo Ricardo, Jair Rodrigues, Rogério Flausino, Durval Lelys, Aretha Marcos, Patrícia Coelho e Luiza Possi,a modelo Ana Claudia Michels, a jornalista Joyce Pascowitch, a atriz Monalisa Gomes, o personal chef Rodrigo Einsfield, a estilista Juliana Jabour, o designer de jóias Raphael Falci e o jogador de futebol Cafu. Em favor da causa, os artistas e personalidades não cobraram cachê.

Para quem for ao evento ou quiser acompanhar pelo Twitter será usada a hashtag @santapaularosa

Então Anote na Agenda:

Palestra: “Mitos e verdades sobre o câncer de mama”

Data: 17 de Outubro

Horário: 11 e 15 horas

Local: Av. Santo Amaro, 2468 – São Paulo SP – Auditorio 5 andar da Ala B.

Informações e inscrições: 11.3040.8008 santapaula@santapaula.com.br falar com Eva ou Simone

Estacionamento grátis no local

Sobre o Hospital Santa Paula

O Hospital Santa Paula foi fundado em 1958, como Pronto-Socorro Santa Paula. Atualmente, após uma reestruturação societária, o hospital ocupa uma área física de 15 mil m² e abriga 200 leitos, oito salas de cirurgia e 50 leitos de terapia intensiva, sendo nove exclusivos para a unidade coronariana e mais nove para a UTI Neurológica. Um dos destaques do Hospital é o Centro de Oncologia, um dos mais modernos do país.

O complexo hospitalar do HSP é considerado um centro de excelência na Zona Sul da cidade de São Paulo. O hospital chega a atender cerca de 100.000 pacientes por ano em seu Pronto Atendimento e realiza cerca de 7.500 cirurgias anualmente. Sua gestão arrojada treina e emprega mais de 850 colaboradores diretos e 380 terceirizados, além de contar com um competente corpo clínico.  No ano de 2010, o hospital registrou R$ 158 milhões de faturamento.www.santapaula.com.br

Posts que integram a blogagem

Tem mais valor quem gosta de compartilhar e construir colaborativamente

Outubro Rosa traz ações práticas para prevenir o câncer de mama

Outubro Rosa

Mãe é tudo igual

Mulher de 30

Nesse outubro rosa qual a sua prioridade?

Outubro Rosa, chegou a hora de lembrar de se cuidar

Devaneios depois de um susto #outubrorosa

Mulheres de peito têm um dia rosa

Tudo rosa no mês de outubro

Saúde é prioridade e não opção

Elas têm que saber

Outubro rosa – Eu participo