Eduque seu filho para ser um bom motorista

motorista

Educar através de exemplos é sempre o mais indicado. Mais forte do que mil palavras é o que a criança observa no comportamento dos pais. Em todas as áreas exemplos podem ser dados e, sem sombra de dúvida, os pequenos estarão de olhos atentos. O comportamento dos pais ou responsáveis na direção de um carro também é um momento para educar.

A sociedade busca muitas mudanças em infra-estrutura e fiscalização, mas o comportamento individual no trânsito tem a mesma importância quanto à uma rua bem sinalizada ou um asfalto de qualidade.

Respeitar as leis de trânsito não só é dever de qualquer cidadão que dirige mas também é um momento de orientar as crianças para que desde pequenos percebam a importância da responsabilidade pessoal e que envolve os terceiros, como é no trânsito. Sabemos que seguir as orientações de segurança no carro é essencial e é uma oportunidade também de explicar o porquê eles existem para facilitar o entendimento das crianças desde a pequena infância quanto ao respeito às regras.

A responsabilidade e prudência são quesitos de ensinamento e a atividade de dirigir um veículo é uma chance de mostrar na prática o que a falta dessas atitudes pode provocar, até porque toda a atividade de direção é baseada em regras em conjunto, de todos os motoristas em ação.

Acidentes de trânsito é uma das principais causas de morte de jovens no mundo, o que indica claramente que algo não está indo bem. A adrenalina e o gosto pelo perigo faz parte da cabeça dos jovens na fase da adolescência e pós-adolescência, o que aumenta o desejo de provar situações de risco. Mas, a atitude dos pais no trânsito cria uma mentalidade bastante forte nos filhos. Caso haja sempre uma tendência ao respeito de regras é certo que em algum ponto essa atitude vai também ser repetida pelo filho.

Mostrar rivalidade ao dirigir, querer estacionar onde não é permitido, fazer ultrapassagens desnecessárias ou querer sempre ser o mais rápido são atitudes que podem deixar uma imagem negativa e, a pior consequência, serem realizadas novamente pelos jovens.

Da mesma maneira que tomamos decisões para proteger nosso bem, como pagar um seguro auto, fazer as revisões corriqueiras no automóvel, o comportamento do motorista resulta em grande diferença, ou seja, a educação no trânsito deve ser levada em conta com a mesma importância como ao seguir as leis e regras para quem dirige.

As escolas também podem contribuir com aulas educacionais sobre trânsito e usar inclusive jogos que visualizem as situações nas ruas e avenidas. Brincadeiras e aulas sobre leis de trânsito também são incentivadoras do conhecimento e são geralmente bem aceitas pelas crianças, a maioria deseja no futuro ter sua carteira de motorista e poder usufruir da ação de dirigir.

Você educa seu filho para ser um bom motorista?

Por Roberta Clarissa

Curso a distância sobre prevenção de acidentes de trânsito para multiplicadores #GRATUITO


Criança Segura
A CRIANÇA SEGURA desenvolveu um curso que vai ensinar a prevenir acidentes de trânsitocom crianças e adolescentes. Multiplique esta causa em sua comunidade!

Sobre o Curso
• Realizado totalmente pela internet;
• Inclui artigos, vídeos e atividades práticas;
• O participante elabora um plano de ação para multiplicação da causa na área e/ou comunidade que atua;
• A certificação é condicionada à entrega de um relatório de atividades para comprovação das ações realizadas;

Este curso é destinado a:
Profissionais com perfil multiplicador das áreas: educação, saúde, social, trânsito, lideranças comunitárias, etc.

 

Como participar:
Inscrições: até 30 de abril
Início do curso: 2 de maio
Carga horária: 24 horas
Vagas: 250

Clique aqui e inscreva-se agora para
participar deste curso.

 

Criança Segura

Einstein mobiliza população por trânsito mais seguro

A brincadeira do Carnaval acabou mas a responsabilidade no trânsito continua.

O Brasil é o quinto País no mundo com maior número de mortes por acidentes de trânsito. São 42 mil motoristas, motociclistas e pedestres mortos todos os anos. Deste total, aproximadamente 70% são causados por pessoas alcoolizadas.

Preocupado com esse cenário que já configura um problema de saúde pública, o Hospital Israelita Albert Einstein acaba de criar uma campanha online de conscientização sobre os problemas da combinação entre álcool e direção.

A campanha, criada pela fri.to, conta com um game especialmente desenvolvido para a ação em que os usuários podem testar suas habilidades ao volante, enquanto garrafas de bebidas vão sendo inseridas na brincadeira, simulando todos os distúrbios causados pelo álcool e sua perigosa associação à direção. Intitulado “Racing Cars”, o game estará disponível em uma aba especial do Facebook do Einstein, juntamente com dicas dos especialistas em álcool e drogas do hospital, além do vídeo que mostra como foram feitas as blitze em bares na Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, em que jovens experimentavam o jogo.

Nas blitze uma promotora abordava jovens que tomavam bebidas alcoólicas em diferentes bares de São Paulo e as convidava para disputar uma corrida no “Racing Cars”.

A cada fase da corrida, a pessoa era “premiada” com uma garrafa de bebida alcoólica e o controle do carro se tornava mais difícil. Quando o jogador inevitavelmente batia o carro, a frase “Aqui você tem uma nova chance, lá fora não. Não jogue com a sua vida” podia ser lida na tela do tablet. Neste momento, o voluntário descobria que estava fazendo parte de uma campanha de conscientização assinada pelo Hospital Israelita Albert Einstein 

As reações das pessoas abordadas foram filmadas e se transformaram no vídeo da campanha.

O objetivo principal do Einstein é mostrar, de forma prática, o quanto o álcool pode comprometer o desempenho e os reflexos de uma pessoa enquanto ela dirige.  Ao expor a pessoa a essa situação, por meio de um jogo, a condição de dirigir embriagado se torna mais real e, consequentemente, a conscientização é mais eficaz do que apenas falar sobre o assunto.

Para jogar o game clique AQUI

O vídeo da campanha estará disponível no Youtube do Einstein e também poderá ser compartilhado nas redes sociais pela aba especial do Facebook.

Qual é o seu perfil de motorista? #dirigebonito

Responda o Teste abaixo e veja qual o seu perfil de motorista e se você #dirigebonito

1- Você está com muita pressa e o motorista da frente está muito tranquilo, você:

a) gruda na traseira dele obrigando-o a andar mais rápido ou dar passagem;

b) coloca a mão na buzina e só tira quando ele dá passagem;

c) dá sinal de luz ou liga a seta indicando que você quer passar;

d) quando pára no semáforo, desce do carro e fala severamente pra pessoa dar passagem.

2- Ao atravessar o cruzamento um ciclista na contramão colide com o seu carro, você:

a) sai do carro e o agride verbalmente para que aprenda a respeitar as leis do trânsito;

b) vai embora, afinal o errado era ele;

c) desce do carro e verifica se ele está machucado e o leva para um hospital para ter certeza de que está tudo bem;

d) fica dentro do carro gritando que não teve culpa e que precisa de ajuda.

3 –  Você passou a rua onde deveria entrar, o que você faz?

a) Entra na próxima rua, mesmo sendo contramão;

b) Pára imediatamente e volta de marcha ré;

c) Faz o retorno seguindo as normas do trânsito;

d) se desespera e pára no meio da rua.

4- Você está andando sem cinto de segurança e logo na frente tem um comando policial, você:

a) Se desespera tentando colocar o cinto e acaba chamando mais a atenção;

b) Tenta ser discreto e coloca o cinto o mais rápido possível;

c) Você nunca anda sem cinto;

d) Você se desespera e acaba subindo na calçada enquanto tenta colocar o cinto.

5- Você excedeu o limite de pontos e acabou tendo sua carteira de motorista suspensa, você:

a) Se irrita e continua dirigindo sem a carteira;

b) culpa os guardas;

c) nunca levou multa;

d) contrata um motorista, pois se julga um incompetente para dirigir.

RESULTADO:

Se a maioria das suas respostas foi da letra “a” você é um(a) motorista neurótico(a)

Tudo lhe irrita. Está sempre reclamando e qualquer ação é motivo para gerar uma grande briga. Você acredita que só você sabe dirigir e por esta razão acaba não enxergando os próprios erros.                                                                                                                                                                 

ATENÇÃO: Reflita sobre suas ações e veja que está na hora de mudar este comportamento antes que algo mais sério e grave venha a acontecer.

Se a maioria das suas respostas foi a letra “b” você é um(a) motorista estressado(a)

Sua falta de paciência torna tudo muito mais difícil. Você acaba reagindo agressivamente com todos que estão a sua volta e este nervosismo poderá provocar resultados desastrosos.                                                                                     

ATENÇÃO: Ficar nervoso não mudará a realidade, portanto respire fundo e tente se acalmar e agir com tranquilidade. Agindo assim será mais tranquilo para você e muito mais tranquilo para os que estão a sua volta.

Se a maioria das suas respostas foi a letra “c” você é um(a) motorista cauteloso(a)

Você é uma pessoa educada, com atitudes cordiais e comportamento equilibrado. Procura seguir as normas do trânsito tendo sempre em mente o respeito ao outro que está ao seu lado.

ATENÇÃO:Você está de Parabéns! Estamos torcendo para que seu comportamento sirva de exemplo para os motoristas que colocam em risco a própria vida e a de todos que estão ao seu redor.

Se a maioria das suas respostas foi a letra “d” você é um(a) motorista fóbico(a)

 Você perde o controle por pequenas coisas. Tudo lhe gera ansiedade e medo. Muitas vezes vê perigo aonde não existe.                                                                                                                                                                                     

ATENÇÃO: Você precisa de ajuda. A primeira coisa que você deve fazer é PARAR de dirigir até se sentir equilibrado novamente. Depois procure um profissional competente que possa lhe ajudar. Em breve você estará novamente dirigindo bonito.