Criança Esperança 2015 – 30 anos

Criança Esperança

Ontem, 16 de julho de 2015, o Criança Esperança abriu oficialmente o seu calendário na sede da Globo em São Paulo e eu estava lá acompanhando tudo de perto. Estavam reunidos a diretora de Responsabilidade Social da Globo, Beatriz Azeredo; o diretor-geral, Rafael Dragaud; a diretora da área programática da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, além dos mobilizadores Lázaro Ramos, Leandra Leal, Dira Paes e Flávio Canto mediados por Pedro Bial estimulando a cultura de solidariedade na sociedade.

Pela primeira vez, a lista dos 30 projetos que serão apoiados é divulgada antes do início das doações. O objetivo é aumentar a mobilização e o engajamento social. Com foco em um maior impacto para os projetos apoiados pela campanha, as instituições passam a ser beneficiadas por um período de dois anos e poderão ser contempladas com o repasse de até R$ 450 mil durante este período – sendo até R$ 250 mil no primeiro ano e R$ 200 mil no segundo ano.

Responsável pela seleção dos projetos beneficiados pelos recursos do ‘Criança Esperança’, a diretora da área programática da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, destacou, durante a coletiva, que o processo seletivo desta edição histórica permitirá um apoio financeiro maior e por período mais longo, fortalecendo as organizações da sociedade civil e os projetos apoiados. Também se optou por fazer um reconhecimento aos projetos que participaram da história do ‘Criança Esperança”, com uma homenagem pela parceria e pelo sucesso do programa.

IMG_20150716_100608091“O processo seletivo é público e transparente, e permite a participação de um grande número de ONGs espalhadas por todo o Brasil. A ideia é que todos os recursos doados sejam adequadamente investidos, contribuindo para transformar a vida de crianças e jovens”, diz Marlova Jovchelovitch Noleto.

A lista das 30 instituições contempladas pode ser acessada pelo site criancaesperanca.com.br. Com um mapa interativo que apresenta em detalhe cada um dos participantes, o público pode conhecer sua área de atuação e localização como também visualizar imagens das iniciativas.

Outra novidade são os mobilizadores que se juntam à campanha. Eles já vêm atuando nos últimos meses, rodando o país e visitando os projetos sociais selecionados para receberem os recursos do ‘Criança Esperança’ em 2016. Leandra Leal, Dira Paes, Flavio Canto e Lázaro Ramos foram os escolhidos para integrar a campanha por seu histórico de envolvimento com causas sociais.

Com uma reflexão sobre os 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente, o encontro foi precedido por um debate mediado pelo jornalista Pedro Bial, que será exibido pela GloboNews, dia 26, às 21h.  O ‘Diálogos da Esperança – 25 anos do ECA: avanços e desafios’ reuniu João Ricardo Costa, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros; Daniel Cara, coordenador-geral da Campanha Nacional Pelo Direito à Educação; Reinaldo Bulgarelli, sócio-diretor da Txai Consultoria e Educação e Luciana Guimarães, fundadora do Instituto Sou da Paz.

CE 2

Também foi lançado o livro ‘Criança Esperança: 30 anos, 30 histórias’. A publicação traz depoimentos de pessoas que encontraram um caminho para romper o ciclo de pobreza e violência em suas comunidades, além de coordenadores de projetos apoiados pela campanha, que relatam sua atuação em defesa da infância e da juventude. “São 30 histórias que mostram o impacto do “Criança Esperança” em todo o Brasil afirma Marlova Jovchelovitch Noleto.

Eu também ganhei o meu:

O Criança Esperança vai ao ar na noite do dia 15 de agosto.

“Como a estrela do programa é o doador”, afirma o diretor-geral  Rafael Dragaud, contará, pela primeira vez, com um ‘Mesão da Esperança’ dentro do programa, com 30 artistas atendendo aos telefonemas e participando ativamente da atração.

O especial terá números que se entrelaçam, mistura de ritmos e encontros inusitados. No palco ‘batidão’, estarão Anitta, Valesca, Ludmilla, Alcione, Mumuzinho, Arlindo Cruz, Talles Roberto e o rapper Renegado.  O ‘sertão pop’ contará com a dupla Henrique e Juliano. Já o terceiro palco será da banda formada por talentos do elenco da emissora: Otaviano Costa no piano, Leticia Colin e Thiago Martins nos vocais, Thiago Fragoso nos vocais e na guitarra, e Dudu Azevedo na bateria. O programa terá também um número especial de Alexandre Nero. Esse time criou uma sonoridade própria para o projeto, sob a supervisão do produtor Guto Graça Mello.

CE 3A música tema do programa foi composta por Gilberto Gil e promete emocionar a todos.

A arrecadação será feita pelos telefones 0500 20015 007, 0500 2015 020 e 0500 2015 040 acontecerá de 1 a 30 de agosto. Os interessados também poderão doar pelo site www.criancaesperanca.com.br ou em casas lotéricas credenciadas, durante o ano inteiro. O público poderá adquirir as camisetas do ‘Criança Esperança’ na Loja Globo (www.loja.globo), com renda revertida para os projetos.

O engajamento continua nas redes sociais. Os usuários serão convidados a postar fotos e textos usando a hashtag #CorrenteAtiveEsperança e mencionar seus amigos. Todos aparecerão em uma grande corrente do bem.

Participe você também dessa corrente do bem. Doe, se envolva contribuindo para um futuro mais digno para as crianças e adolescentes do nosso país.

Globo Educação promove seminário sobre mitos e fatos na educação

O Globo Educação – uma parceria da Globo com o Unicef e com a Fundação Roberto Marinho –  promove, na próxima sexta-feira, dia 06, em São Paulo, o seu I Seminário Nacional Educação: Mitos e Fatos. O evento reúne especialistas na área para debater máximas e percepções a respeito do sistema educacional brasileiro. Os tópicos que serão debatidos versam sobre: o valor que o brasileiro dá ao conhecimento; remuneração de professores; o perfil dos alunos de escola pública e a capacidade de algumas crianças em aprender.

Para o debate, foram convidados: Cleuza Repulho, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Fernando Abrucio, cientista político, professor da FGV-SP, Luiz Felipe Pondé, filósofo, escritor e ensaísta, e Ricardo Henriques, economista, superintendente executivo do Instituto Unibanco. O encontro será mediado pela jornalista Mônica Waldvogel.

Durante o evento, serão exibidos vídeos produzidos pela Central Única das Favelas (CUFA) com depoimentos da população. As entrevistas sobre os mitos foram realizadas em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Manaus (AM) e Recife (PE).

Todo o conteúdo do seminário será exibido no Globo News Especial no dia 15 de dezembro.

Eu estarei lá:

Data: 06/12/13 (sexta-feira)

Horário: 9h

Endereço: Rua Evandro Carlos de Andrade, 160 –  1º andar

Edifício JRM – TV Globo São Paulo

Globo reafirma compromisso com a Educação #GloboEducacao

José Roberto Marinho e Gary Stahl - Divulgação/Ze Paulo Cardeal

Na manhã desta quarta-feira, dia 22, a Globo reforçou o seu compromisso com a educação brasileira ao lançar o projeto Globo Educação – plataforma que tem como objetivo mobilizar a sociedade e promover o debate sobre a importância do ensino de qualidade.

O evento aconteceu na sede da emissora em São Paulo e marcou o início das ações do projeto que contam com a parceria da Fundação Roberto Marinho (FRM) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância(Unicef).

Durante o lançamento, José Roberto Marinho, vice-presidente das Organizações Globo, Gary Stahl, representante do Unicef no Brasil,  e Hugo Barreto, secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, assinaram o termo de compromisso da parceria institucional. “A conquista do conhecimento é peça central da sociedade e deve estar no imaginário de todos. O nosso objetivo é transformar o projeto em ponto de encontro de educação na Globo. Somar as forças e contribuir para que a educação tenha o espaço que merece”, explicou José Roberto. Gary do Unicef complementou: “A união dos nossos esforços irá fortalecer os direitos das crianças e adolescentes do país, ajudando a construir uma educação pública de qualidade.”

Hugo Barreto, da Fundação Roberto Marinho, também destacou a importância da iniciativa. “A educação é um direito de todos. Com plataformas em diferentes espaços e conteúdos, iremos mobilizar a sociedade brasileira em torno do tema”, disse. “Temos aqui bons parceiros da educação pública, com visões diferentes, que podem ajudar a garantir a qualidade do ensino”, acrescentou a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação, Macaé Maria Evaristo dos Santos, que também participou do evento.

Veja o que disse alguns dos participantes clicando AQUI

O lançamento do projeto contou ainda com o diálogo “O Valor do Conhecimento na Sociedade Brasileira”, mediado pelo jornalista William Wack.

O filósofo e economista, Eduardo Gianetti, a ex-secretária de Educação Básica, Maria do Pilar, e o estudante do Instituto Tecnológico de Aeronaútica(ITA) e presidente do QMágico, empresa que trabalha com tecnologia educacional, Thiago Feijão, debateram questões como a valorização do professor, o ensino de qualidade e a busca do conhecimento.

O Globo Educação contará com três eixos de atuação: televisão, internet e fóruns presenciais. A meta é contribuir para o fortalecimento da consciência e do comprometimento com a qualidade da educação pública, difundindo boas práticas, prestação de serviços e projetos de referência em interprogramas, campanhas, matérias jornalísticas, conteúdo online e debates com especialistas.